Redes Sociais

Header Ads

Palmas destaca importância de cuidados para evitar proliferação do Aedes aegypti

É preciso se atentar aos cuidados com a dengue e outras doenças.  —  Foto/Reprodução.

Palmas destaca importância de cuidados para evitar proliferação do Aedes aegypti
Publicado no Conexão Notícia em 26.out.2020.  

Agentes de Saúde  A Secretaria Municipal de Saúde de Palmas (Semus) informa que, mesmo diante da situação de pandemia da Covid-19, é preciso se atentar aos cuidados com a dengue e outras doenças e que os profissionais da Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses (UVCZ) continuam atuando no monitoramento de endemias.

O gerente da UVCZ da Semus, Auriman Cavalcante, explica que é importante que a população receba os agentes de endemias nas visitas semanais. 

A pandemia é um problema grave, e precisamos respeitar as recomendações para passar por ela. Mas todo o trabalho dos agentes de endemias é crucial para evitar a proliferação do mosquito da dengue, e não podemos descuidar desse transmissor de doenças, ressaltou o gerente.

VEJA TAMBÉM:

Auriman destaca que para evitar a proliferação do mosquito é importante que a população contribua com o monitoramento principalmente nos quintais, onde é necessário intensificar a limpeza. “Os quintais precisam passar semanalmente por um processo de limpeza, basta alguns minutos e você consegue tirar toda água parada que pode acumular em vasos de plantas, calhas, entulhos, pneus e qualquer objeto que possa servir de moradia para as larvas multiplicarem-se", informou o servidor.

Cuidados

O Aedes aegypti é um mosquito doméstico.  Possui hábitos diurnos, e se alimenta de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada, a partir da postura de ovos pelas fêmeas. Os ovos são colocados e distribuídos por diversos criadouros.

Caso observe o aparecimento de manchas vermelhas na pele, olhos avermelhados ou febre, busque um serviço de saúde para atendimento. Não tome qualquer medicamento por conta própria e procure atendimento em uma Unidade de Saúde da Família (USF) de referência.

Portal Agora TO

Conteúdo relacionado:
 


Postar um comentário

0 Comentários