Header Ads


Agente de saúde é preso por colocar mão de criança em seu órgão genital

O inquérito deve ficar a cargo da DEPCA (Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente—  Foto/Reprodução/Paulo Francis.

Agente de saúde é preso por colocar mão de criança em seu órgão genital
Publicado no Conexão Notícia em 14.fev.2021.  

Agentes de Saúde | Amigo da mãe da vítima, o homem dormia na sala, quando tentou estuprar a criança na madrugada de terça-feira (9).

Um agente de saúde, de 35 anos, foi preso por pegar a mão de criança de 11 anos e colocar em seu pênis. Amigo da mãe da vítima, o homem dormia na sala, quando tentou estuprar a criança na madrugada dessa terça-feira (9).

Conforme narrado para a polícia, tudo começou por volta das 20h30 da segunda-feira (8), quando o homem chamou a mãe da criança para tomar cerveja. Ela diz ter recusado o convite porque já havia bebido com uma amiga.

Mesmo assim, o agente de saúde foi a uma conveniência e apareceu na casa da mulher com mais bebida. A mãe da vítima deixou que o amigo dormisse na residência, porque o mesmo ficou muito embriagado. Ela colocou um colchão no chão da sala para ele.


Durante a madrugada, porém, ainda conforme relatos feitos à polícia, o suspeito acordou a garotinha jogando almofadas em seu quarto. Ele a chamou para perto e quando a criança se aproximou, pegou a mãe dela e colocou no pênis, que já estava para fora da roupa.

Assustada, a menina saiu correndo e pediu ajuda à mãe. Com medo, as duas se trancaram em um quarto e chamara a PM (Polícia Militar), por meio do número de emergência (190).

O agente de saúde nega as acusações. Em interrogatório, diz que acordou de madrugada com diarreia e foi ao banheiro, por isso estava sem bermuda. Ele afirma que ficou só de cueca e continuou a dormir.

O inquérito deve ficar a cargo da DEPCA (Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente). Segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), como a situação não acontecer durante o horário de serviço do agente de saúde, a investigação e posterior, ação penal, caso o servidor seja processado, serão acompanhadas pela Seges (Secretaria Municipal de Gestão). Pode ou não haver implicações para o funcionário público, caso ele seja condenado.

O agente passou por audiência de custódia na manhã de quarta-feira (10) e ficará preso preventivamente (por tempo indeterminado).

CAMPO GRANDE NEWS


Publicado ao JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil 

Veja outras formas de doações, aqui!

Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.