Header Ads


Respostas pouco objetivas do Ministro da Saúde geram bate-boca na CPI da Covid

   Michel Temer.  —  Foto: Reprodução.

Respostas pouco objetivas do Ministro da Saúde geram bate-boca na CPI da Covid
Publicado no Conexão Notícia em 06.maio.2021.  

Brasil | Parlamentares alegam que ministro da Saúde está se esquivando das perguntas sobre ações do governo.

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, Renan Calheiros (MDB-AL), e o presidente, Omar Aziz (PSD-AM), cobraram do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, respostas mais objetivas durante depoimento ao colegiado.


O médico foi convocado como testemunha e, portanto, tem que responder a todas as perguntas e garantir a veracidade das informações. Por ser relator, Renan foi o primeiro a fazer questionamentos. 

"Não tem esse negócio de dizer e jogar para terceiros. Os senadores têm feito perguntas objetivas e o senhor está tratando de questões de municípios, de não sei o que e tal. O senador Renan fez perguntas simples: 'Faltou o que?' Não faltou o dinheiro. Faltou lockdown, faltou o que? Você está aqui como testemunha, estou aqui pra lhe preservar. Não é achismo. É sim ou não", disse Omar a Queiroga. 


Bate-boca

Após perguntar se o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) teria pedido ao ministro para reduzir o número de entrevistas, senadores governistas iniciaram um bate-boca com Renan e com o vice-presidente da comissão, o líder da oposição na Casa, Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

"Se quiserem gritar me avisem que eu paro. Todo dia isso aqui não dá. Todo dia não dá", afirmou Renan. "Quer pegar o lugar do relator, homem? Isso é uma obstrução dos trabalhos em curso", disse Randolfe ao líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE).

"Chegou ontem (Fernando Bezerra) e já está assim", criticou Renan. Bezerra foi incluído como suplente da CPI na 4ª feira (5.mai), na vaga do Democratas, no luga do senador Zequinha de Marinho (PSC-PA). 

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
por: Gabriela Vinhal 
Justiça absolve Temer e Cunha nas investigações do ‘Quadrilhão do MDB’

   Michel Temer foi absolvido pela Justiça de Brasília.  —  Foto: Reprodução.

Defesa do ex-presidente da Câmara comemorou a decisão da 12ª Vara Federal do DF; Geddel e outros dez réus também foram absolvidos.

A Justiça Federal de Brasília absolveu o ex-presidente Michel Temer (MDB), o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, o ex-ministro Geddel Vieira Lima e outros dez réus  no processo baseado nas investigações do ‘Quadrilhão do MDB’. Na prática, a decisão da Justiça encerra a ação penal, mas cabe recurso ao Ministério Público Federal (MPF). 

 
Idosa de 78 anos é mãe adotiva de bebês há 34 anos: já são 80! [Vídeo]

   Mulher de 78 anos nos Estados Unidos foi mãe adotiva de 80 bebês nos últimos 34 anos. Imagem ilustrativa. (freepik).  —  Foto: Reprodução.

Cuidar de bebês recém-nascidos pode ser um trabalho muito bom… e exaustivo. Mas para uma mulher de 78 anos nos Estados Unidos, que foi mãe adotiva de 80 bebês nos últimos 34 anos, é gratificante.

Linda Owens é uma senhora jovial que mora em Hayward, Califórnia. E embora ela tenha recebido 80 bebês que foram abandonados e estão em situação vulnerável, ela atualmente está cuidando de um bebê de 8 semanas. Leia a matéria completa, aqui!



Acompanhe as notícias do CN - Conexão Notícia no Facebook


Veja outras formas de doações, aqui!


Conteúdo relacionado:


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.