Alagoas: Categoria discute atraso no Pagamento e reajuste do Piso Nacional, além de adequação do PCCS - Conexão Notícia

Header Ads


Alagoas: Categoria discute atraso no Pagamento e reajuste do Piso Nacional, além de adequação do PCCS

 Salário de dezembro atrasado, correção do Piso Nacional, tabela do Plano de Cargos, Carreiras e Salários faltando adequar. Essas foram as pautas da discussão.  —  Foto/Reprodução.

Alagoas:  Categoria discute atraso no Pagamento e reajuste do Piso Nacional, além de adequação do PCCS
Publicado no Conexão Notícia em 02.mar.2021.  

Agentes de Saúde |  O diretor municipal Alan Xavier e o advogado Felipe Zanotto se reuniram com o secretário de administração do município de Atalaia na quinta-feira (25/02).

O SINDACS-AL, representado pelo coordenador municipal, Alan Xavier e pelo advogado Felipe Zanotto, se reuniu com o secretário de administração de Atalaia para discutir sobre o pagamento do salário referente ao mês de dezembro de 2020, o incentivo de final de ano e o reajuste salarial dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias. O encontro contou também com a presença de um representante do SINDPREV-AL e funcionários de outras categorias da saúde do município.


Sobre o pagamento de dezembro de 2020 e o incentivo de final de ano, o secretário de administração informou que o dinheiro existe, mas que a conta está bloqueada e sob investigação da Polícia Federal. O promotor de justiça já havia dado um prazo até o final de março para que o repasse fosse regularizado.

O secretário afirmou que é possível que esse pagamento seja realizado antes do dia 30 de março. Eles estão economizando porque fizeram muitos cortes de gratificações irregulares e estão resolvendo diversos problemas deixados pela antiga gestão. Agora que estão com as contas positivas, podem inclusive realizar o pagamento dos ACS e ACE de forma integral, já outras categorias da saúde possivelmente receberão os meses em atraso de forma parcelada, explicou Alan Xavier.


Já sobre o reajuste salarial, que foi fixado nacionalmente em R$ 1.550,00 (mil quinhentos e cinquenta reais), será necessário uma avaliação mais detalhada, pois no município foi implantado anteriormente um Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS). De acordo com o diretor municipal do SINDACS-AL, os reajustes salariais mais recentes foram implantados, porém as tabelas não foram encaminhadas para a Câmara de Vereadores e consequentemente não foram juridicamente regulamentadas.

Eles solicitaram que a gente fizesse o levantamento de alguns benefícios que a categoria não está recebendo e outras irregularidades, para que possam realizar adequações de valores sem que haja perda salarial. Muitos agentes, devido ao PCCS, recebem além do valor do piso e, se o reajuste for implantado considerando a tabela do PCCS já existente, muitos terão seus salários reduzidos. Por isso, nós precisamos deliberar sobre como proceder neste caso e definir numa próxima reunião com a gestão, concluiu Alan Xavier.

SINDACS/ALAGOAS.


Publicado ao JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.

Veja outras formas de doações, aqui!

Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.