Header Ads


Presidente da FENASCE participa de manifestações contra demissões em massa dos Agentes de Saúde em Belford Roxo

  Diretor presidente da FENASCE, Luís Cláudio, fala sobre a situação dos Agentes de Saúde no Municipal de Belford Roxo.  —  Foto/Reprodução.

Presidente da FENASCE participa de manifestações contra demissões em massa dos Agentes de Saúde em Belford Roxo
Publicado no Conexão Notícia em 15.abril.2021.  

Agentes de Saúde | Assim como os voluntários da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde, organização que a quase 20 anos usa as facilidades da internet para fortalecer a luta nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, a  CNF - Comissão Nacional da Federalização também tem alertado sobre a necessidade de fortalecimento das bases, nas cidades. Os alertas já dão sinal de que estão sendo ouvidos vejamos!

A luta não se faz apenas em Brasília
Comissão que nasceu com o Movimento Nacional pela Federalização dos ACS/ACE, responsável pela tramitação de Proposta Legislativa no Senado Federal com mais de 20.000 assinaturas aponta que a precarização da categoria (falta de garantia de direitos, que vão desde o não pagamento do Piso Nacional até a falta de regulamentação dos vínculos empregatícios) é uma consequência da falta de assistência as bases da categoria, nos municípios. 


O gemido dos inocentes

Nenhuma categoria vive apenas de criação de leis. Não adianta criamos inúmeras leis e elas não serem aplicadas. É o que vem ocorrendo desde 2006, ou seja, criou-se inúmeras leis, a Constituição foi mudada, contudo, os ACS/ACE não conseguem ter acesso a direitos fundamentais como estabilidade no cargo ou recebimento do salário base, que é o Piso Nacional, valor mínimo a ser pago. A realidade é dramática, vejam o exemplo de Salvador, capital da Bahia que paga quase metade do Piso Nacional como salário base, ou seja, R$ 877 (oitocentos e setenta e sete reais); o caso da categoria em Belford Roxo e capital do Rio de Janeiro, cidades penalizadas com demissões em massa. No RJ foram mais de 1.500 ACS's desligados só na capital. 
No Brasil temos mais de 222 mil ACS/ACE, gemendo sem acesso aos direitos que estão previstos em leis, mas que na prática não existe para eles. 
Criar leis é importante, contudo, sem articulação para que elas sejam aplicadas não passa de perda de tempo, alfinetou Samuel Camêlo - integrante da Comissão Nacional da Federalização. 

Mudança de paradigma
O discurso de lideranças a nível nacional está mudando. Antes se falava que a responsabilidade da garantia de direitos da categoria era dos sindicatos e associações, depois da Mobilização Nacional pela Federalização o discurso mudou, as bases passaram a receber mais atenção. Hoje, tanto a CONACS, quanto a FENASCE já se articulam em realação as bases. 
As pautas defendidas pela Comissão Nacional da Federalização, em relação aos fortalecimento das bases, já estão sendo encaminhadas em Brasília, buscando a desprecarização dos ACS/ACE em suas bases, nos municípios. 

A defesa deve ser dos interesses das bases
Não podemos perder tempo com pautas de interesse exclusive de diretoria de entidades que discursa representar a categoria, contudo, a ignora, a deixando entregue aos abusos dos prefeitos e secretários de saúde.


Demissões em massa e caos
O drama vivido pelos agentes de saúde do município de Belford Roxo recebeu notoriedade nacional por meio das plataformas administradas pela MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde. O caso ganhou repercussão nacional, deixando a categoria em alerta nos mais diversos municípios do Brasil. 

Demissões em massa em Belford Roxo
O Presidente da Câmara Municipal de Belford Roxo, vereador Sidney Canella, o vereador Matheus e a vereadora Regina do Valtinho,  se reuniram com Luis Cláudio, presidente da FENASCE - Federação Nacional de agentes comunitários de saúde e agentes de endemia, para tratar de reinvindicações da categoria, confira no vídeo abaixo. 

Vídeo produzido pela Rádio A Voz do Povo


Segundo vídeo:

As manifestações da categoria continuam Belford Roxo.

CN - Conexão Notícia e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil 




Pautas da Comissão Nacional da Federalização avançam em Brasília

  Articulações em Brasília foca a Desprecarização defendida pela Comissão da Federalização.  —  Foto/Reprodução.

Fnaras, um dos parceiros da CNF - Comissão Nacional da Federalização, tem correspondido aos encaminhamentos feitos pelo movimento. 

A Dra. Elane Alves está em Brasilia para mais uma semana de articulações em prol da categoria, mantendo no Piso Nacional e aposentadoria especial, além dos demais pontos que formam a Desprecarização, já definida pela Comissão Nacional da Federalização. Leia a matéria completa, aqui!


CN - Conexão Notícia e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil 

Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram 


Veja outras formas de doações, aqui!

Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.