Redes Sociais

Header Ads

Prefeitura investirá anualmente R$ 468 mil com celulares para agentes comunitários

Celulares foram entregues a 150 agentes comunitários.  —  Foto/Reprodução.

Prefeitura investirá anualmente R$ 468 mil com celulares para agentes comunitários
Publicado no Conexão Notícia em 07.out.2020.  

Agentes de Saúde  | Valor de R$ 468 mil é anual e abrange um grupo de 150 agentes; cada aparelho custará R$ 260 mensais por profissional, com pacote de voz e internet

Na quinta-feira (1º), um grupo de 150 agentes comunitários recebeu celulares para, além de fazer prontuário eletrônico com registro de localização dos cidadãos atendidos, também prestar informações por WhatsApp.

A distribuição dos aparelhos aos agentes vai custar aos cofres públicos R$ 39 mil mensais. Por ano, o valor será de R$ 468 mil. Cada aparelho tem um custo de R$ 260 por mês, com pacote de voz e internet, por agente, informou a Prefeitura.

Os celulares são da marca Samsung, modelo Galax A10 S, e foram adquiridos por pregão eletrônico número 005/2020. Todos os aparelhos poderão ser substituídos por modelo superior, informa a administração. 

Segundo a secretária de Saúde de Araçatuba, Carmem Silvia Guariente, os agentes poderão enviar mensagens dos seus atendimentos, como dia de visita e de consultas, e também receber fotos e relatos de pacientes sobre a evolução dos tratamentos. Quando necessário, o agente comunitário de saúde encaminhará o material enviado pelo morador para uma equipe de enfermeiros e médicos para que o atendimento seja feito de forma mais rápida.

“Nossos agentes irão à casa dos pacientes como sempre fazem, mas agora terão um canal oficial para enviar e receber informações. Isso encurtará o tempo de atendimento e melhorará o acesso do usuário ao serviço”, afirmou a secretária, que destacou que com esta facilidade os agentes terão mais tempo disponível para atender aos doentes que não têm acesso à internet.


VEJA TAMBÉM:

Prontuário eletrônico

De acordo com a secretária, a entrega dos celulares foi o primeiro passo de um processo de informatização dos serviços de saúde na cidade. A expectativa é instalar o prontuário eletrônico nas unidades de saúde, que será interligado a outros equipamentos, como o pronto-socorro, por exemplo.

A previsão, segundo a Prefeitura, é iniciar as instalações do prontuário eletrônico “imediatamente,  sendo a previsão de quatro unidades por mês”, informou. A primeira UBS (Unidade Básica de Saúde) a receber o sistema é do bairro Dona Amélia.

O consultor da empresa Giga Sistema, responsável pela implementação da tecnologia, Claudemir José da Cruz, destaca que todo o sistema que está sendo implantado atende às orientações do Ministério de Saúde.

“Vamos ter, em tempo real, todas as informações dos usuários. Não será mais necessário nem mesmo imprimir folhas e folhas, o que é bom para o meio ambiente, também”, explica a secretária.

Hojemais Araçatuba, Manu Zambon
Foto: Prefeitura/Divulgação


 Conteúdo relacionado:




Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 


Postar um comentário

0 Comentários