Header Ads


Agente de Endemias publica artigo sobre borrachudos em periódico internacional

 Willian Rodrigues da Costa Marinho, doutorando em Ciências Ambientais e Conservação do NUPEM/UFRJ.  —  Foto/Reprodução.

Agente de Endemias publica artigo sobre borrachudos em periódico internacional
Publicado no Conexão Notícia em 19.abril.2021.  

Agentes de Saúde | Na pesquisa de campo, no Parque Atalaia, o doutorando encontrou sete espécies de borrachudos.

Quem é apaixonado pelo que faz sabe muito bem que sempre é possível inovar a rotina de trabalho e deixá-la mais prazerosa. Agente de Combate a Endemias da Prefeitura de Macaé, Willian Rodrigues da Costa Marinho, aproveitou sua atuação no controle do mosquito Aedes aegypti para inspirar sua vida acadêmica - desde a iniciação científica da graduação - e se dedicar à pesquisa com insetos. Atualmente doutorando em Ciências Ambientais e Conservação do NUPEM/UFRJ, Willian comemora a publicação de dois artigos científicos no periódico nacional Nature and Conservation.

O artigo “Simulídeos (Simuliidae: Diptera) como objeto de estudo no Brasil e no mundo” foi desenvolvido durante o mestrado de Willian, também realizado no PPG-CiAC. Já o artigo “Predileção de Substratos por espécies hematófagas de Simuliidae (Diptera) da região sudeste do Brasil para controle vetorial” foi produzido na transição do mestrado para o doutorado, quando Willian passou a atuar na formação de jovens pesquisadores e co-orientou Ruann Guimarães, estudante de Biomedicina da Faculdade Cenecista de Rio das Ostras.


Os trabalhos podem ser lidos, na íntegra:
http://sustenere.co/index.php/nature/article/view/CBPC2318-2881.2021.001.0002/2499 e http://sustenere.co/index.php/nature/article/view/CBPC2318-2881.2021.001.0001/2498.


Formado em Ciências Biológicas pela UENF, Especialista em Ecologia e Biodiversidade pela UCAM, Mestre em Ciências Ambientais e Conservação pelo NUPEM/UFRJ, e atualmente aluno do segundo ano de doutorado, Willian conta que, durante seu percurso acadêmico, passou por diferentes áreas como, paleontologia, estudo com hormônios, até chegar à Bioquímica de insetos, onde descobriu o que gostaria de pesquisar.

 A pesquisa – Willian ressalta a importância do trabalho para a Coordenadoria Especial de Proteção Animal e Controle de Zoonoses.  —  Foto/Reprodução.

Após terminar a graduação e decidir fazer o mestrado, em 2017, Willian levou a proposta para o orientador, o professor Rodrigo Nunes da Fonseca. “Minha pretensão era trabalhar com Ecologia e levantamento de espécies da família Culicidae. Nesta família, estão inseridos mosquitos como Aedes aegypti e Aedes albopictus. Contudo, meu orientador me perguntou se eu conhecia e gostaria de trabalhar com os Simulídeos, os famosos borrachudos. Eu, particularmente não os conhecia, mas fui pesquisar e logo me interessei. Nesse mesmo período, o professor Rodrigo me apresentou ao meu coorientador, o professor Ronaldo Figueiró da UEZO (Fundação Centro Universitário Estadual da Zona Oeste) que já trabalhava com borrachudos há muito tempo”, conta.

A pesquisa – Willian ressalta a importância do trabalho para a Coordenadoria Especial de Proteção Animal e Controle de Zoonoses, pois os borrachudos, devido a suas picadas, são insetos incômodos para população que vive à beira de corpos d' água, turistas e animais. “Além disso, apresentam papel importante como indicadores de qualidade ambiental para córregos, rios e riachos e também na transmissão de doenças como Oncocercose e Mansonelose”, observa.


Foi ainda durante o mestrado, que o agente fez um levantamento de espécies de borrachudos do Parque Natural Municipal Atalaia, onde encontrou sete espécies desses mosquitos e, ainda no mestrado, também trabalhou com ecologia e genética do desenvolvimento desses insetos. “Atualmente, no doutorado, estou dando continuidade ao trabalho já desenvolvido com os borrachudos, ampliando mais a área de coleta para outros ambientes e também vamos tentar fazer a descrição de espécies por técnicas genéticas”, afirma.

Parceria CEPSACZ – A atual gestão da Coordenadoria de Promoção à Saúde dos Animais e Controle de Zoonoses (CEPSACZ) também celebra a publicação dos artigos científicos, o que fortalece ainda mais a Comissão Permanente de Formação Continuada (COPEFOCO) criada este ano em convênio com NUPEM – UFRJ. Willian é um dos coordenadores da comissão que tem como proposta desenvolver, por meio de capacitações, o desenvolvimento acadêmico dos Agentes de Combate a Endemias. A previsão é realizar um curso por mês, até dezembro, com o objetivo de inovar e aprimorar os procedimentos e práticas desenvolvidas na rotina diária pela equipe de ACEs.

Foto: Willian Rodrigues
Jornalista: Carla Cardoso   



Aposentadoria especial de servidor público e a discussão quanto à possibilidade de conversão do tempo especial em tempo comum
 O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) já se posicionou sobre a Aposentadoria Especial. Confira a matéria.  —  Foto/Reprodução.

SÚMULA VINCULANTE 33 – ANTES DA Emenda Constitucional 103/19.

O que é aposentadoria especial?

Aposentadoria especial é aquela cujos requisitos e critérios exigidos do beneficiário são mais favoráveis que os estabelecidos normalmente para as demais pessoas.

Quem tem direito à aposentadoria especial no serviço público?

Antes da Reforma da Previdência (EC 103/2019), a Constituição Federal dizia o seguinte...



Comissão Nacional da Federalização cria Mídia Exclusiva para ACS/ACE com mandato parlamentar ou executivo

 Além da integração das lideranças com mandato, projeto inclui integração de Mídias Sociais ligada ao Movimento Nacional pela Federalização.  —  Foto/Reprodução.

Comissão Nacional da Federalização dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias criou uma Mídia Exclusiva para os agentes com mandato parlamentar ou executivo. O objetivo pioneiro no país é tratar exclusivamente de pautas voltadas à categoria sem bandeira partidária ou institucional. 

Veja como participar, leia a matéria completa, aqui!

Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram 

Veja outras formas de doações, aqui!

Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.