Header Ads


Novo teste poderá prever sintomas graves de covid-19 em infectados

   Os pesquisadores desenvolveram testes de diagnóstico para identificar os fatores de saúde que se correlacionavam com os piores resultados.  —  Foto: Reprodução.

Novo teste poderá prever sintomas graves de covid-19 em infectados
Publicado no Conexão Notícia em 01.maio.2021.  

Tecnologia | Pesquisadores da Universidade da Califórnia, Irvine (EUA) desenvolveram um teste de prognóstico em duas etapas que pode ajudar a prever a resposta do paciente à infecção  por SARS-CoV-2, relata o portal de notícias EurekAlert da Associação Americana para o Avanço da Ciência.

O estudo, que foi publicado na revista mSphere, diz que o teste combina uma pontuação do fator de risco da doença com um teste para anticorpos produzidos nos estágios iniciais da infecção. De acordo com os pesquisadores, pode ser administrado no momento do diagnóstico para ajudar a orientar as opções de tratamento antes que apareçam sintomas graves.

O grupo de cientistas também desenvolveu uma ferramenta que usa dados sobre fatores como idade, sexo e condições de saúde pré-existentes para produzir uma pontuação de fator de risco de doença.

LEIA TAMBÉM:

Os pesquisadores testaram sua ferramenta em um grupo de 86 pessoas com teste positivo para coronavírus e descobriram que os pacientes cujos testes revelaram a presença de anticorpos contra o epítopo 9 eram mais propensos a ter doença de longo prazo e resultados piores do que pessoas sem anticorpos.

Das 23 pessoas no estudo que tinham anticorpos associados ao epítopo 9, a pontuação do fator de risco da doença previu a gravidade da doença com uma sensibilidade superior a 92% 

Os pesquisadores descobriram que os anticorpos do epítopo 9 são detectados entre 1 e 6 dias após o início dos sintomas , o que pode ajudar a equipe médica a tratar os infectados antes que as manifestações mais graves de gravidade apareçam.


No início da pandemia, os pesquisadores desenvolveram testes de diagnóstico para identificar os fatores de saúde que se correlacionavam com os piores resultados.

No entanto, um preditor clínico capaz de identificar os pacientes que enfrentam o maior risco de serem hospitalizados, conectados a um ventilador ou morrer da doença , ainda não havia sido desenvolvido


Alunos compram fusca de ex-professor endividado e devolvem a ele [vídeo]

   Muita emoção para o ex-professor Marcelo Siqueira, de 87 anos.  —  Foto: Reuters.

O ex-professor Marcelo Siqueira, de 87 anos, teve que colocar à venda o fusca ano 1972 – uma relíquia que ele preservou durante metade da vida com todo carinho.

Como o dinheiro da aposentadoria não estava dando para sobreviver, só restou a ele vender o velho companheiro verde. Mas o que Marcelo não esperava era o carinho de ex-alunos dele.  Leia a matéria completa, aqui!

Acompanhe as notícias do CN - Conexão Notícia no Facebook


Veja outras formas de doações, aqui!


Conteúdo relacionado:


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.