Header Ads


Após pedido de vereadora, insalubridade dos agentes de saúde será paga em maio

  Agentes de saúde receberam a boa notícia sobre o pagamento, ainda na sexta-feira.  —  Foto: Reprodução.

Após pedido de vereadora, insalubridade dos agentes de saúde será paga em maio
Publicado no Conexão Notícia em 24.maio.2021.  

Agentes de Saúde | A convite do prefeito Mário Celso Lopes, alguns representantes dos agentes comunitários de saúde estiveram no gabinete, onde foi anunciado pelo Poder Executivo o pagamento da insalubridade dos agentes comunitários de saúde para o mês de maio. 

O assunto foi tratado na sexta-feira em reunião com a participação da vereadora Eloá Pessoa, representantes dos agentes comunitários de saúde de Andradina, além do presidente do Sindicado dos Servidores Públicos Municipais, Marcos Antônio Alves. Foram recebidas por Ernesto Júnior, secretário de Governo e Assuntos Parlamentares e Norival Nunes, secretário de Fazenda, Planejamento e Gestão Fiscal.


Fiz essa solicitação no dia 3 de fevereiro ao Poder Executivo e, depois de estudos, o secretário Norival Nunes me informou que estaria executando o pagamento da insalubridade aos agentes já no mês de maio, disse a vereadora Eloá, que apresentou requerimento na segunda sessão ordinária. 

A vereadora Eloá Pessoa justificou seu requerimento dizendo que, a solicitação se faz necessária tendo em vista que os agentes correm são iguais ou até maiores que muitos outros profissionais da Saúde.

Como educadora de Saúde, a vereadora Eloá Pessoa acompanha a luta das equipes de Saúde desde o ano de 2005. 

Esta foi uma das minhas propostas de campanha, lutar pelos direitos dos agentes comunitários de saúde e, saber que os pagamentos serão realizados já a partir de maio me deixa muito feliz, pois se existem pessoas que necessitam de uma remuneração justa são nossos agentes, concluiu Eloá.

Prefeitura de Andradina, SP.

7 anos de congelamento do Piso Nacional
O chamado Piso Nacional dos ACS/ACE cuja proposta original em 2006, estabelecia um salário base de valor equivalente a dois salários mínimos, foi derrubada pelos deputados e senadores em Brasília. Em 2014 os mesmos deputados e senadores que sabotaram o valor de dois salários, aprovaram a Lei 12.994/2014, criando o que foi batizado de Piso Nacional. O grande problema é que ele já nascia congelado, exatamente como se encontra atualmente. Recebendo apenas uma atualização em 2018, por meio da Lei 13.708. O pagamento da atualização foi divido em três parcelas, a saber: R$ 1.250,00 (2019); R$ 1.400,00 (2020) e agora R$ 1.550,00 (2021). Isso deu a impressão de que a categoria estava recebendo três reajustes, na verdade, foi apenas uma atualização correspondente ao ano de 2018.

Publicado no CN - Conexão Notícia e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil 

Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram


Brasília: Situação dos Agentes de Saúde (ACS/ACE) é tema de audiência pública na Câmara dos Deputados

  Por vários anos as demissões em massa dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias ocorreram silenciosamente, sem nenhuma reação nacional.  —  Foto: Reprodução.

Evento promovido pela Comissão de Seguridade Social e Família será transmitido pela internet.
A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados promove uma audiência pública, na próxima sexta-feira (28), para discutir a situação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) e dos Agentes de Combates às Endemias (ACEs), em meio à pandemia da Covid-19. Leia a matéria completa, aqui.

Demissões em massa: Agentes de saúde e de endemias fazem ato público para evitar desligamento em massa

  Agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias de Feira de Santana em ato contra as demissões em massa.  —  Foto: Reprodução.

Segundo Samuel Camêlo, coordenador da Comissão Nacional da Federalização dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, a demora na reação das instituições, quanto a questão da contratação precária, acumula um número sem precedente de demissões em massa das duas categorias.  Leia a matéria completa, aqui.



Parlamentar acusado de atacar agentes de saúde reage à Nota de Repúdio do SINDACS

  Vereador Abimael Pessoa nega que tenha falado contra toda a categoria de ACS's.  —  Foto: Reprodução.

A vitória de Abimael Pessoa (PSDB) ao legislativo municipal foi bastante comemorada entre os oposicionistas à família Calheiros em Murici/AL. O candidato se elegeu o vereador mais votado de seu partido. O que ninguém poderia imaginar é que ele se envolveria numa polêmica com o SINDACS-AL, após denunciar alguns agentes comunitários, segundo o parlamentar, por não realizarem as suas atividades. Leia a matéria completa, aqui.


Tíquete-alimentação: Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias comemoram aprovação

  As duas categorias serão contempladas com tíquete-alimentação no valor de R$ 300,00.  —  Foto: Reprodução.

No início do mês passado, foi aprovada por unanimidade na Câmara de Vereadores de ITABUNA, a concessão do tíquete-alimentação aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE) do município.


Piso Nacional defendido pelo FNARAS para Agentes de Saúde é de R$ 2.750 

  A Dra. Elane Alves e diretoras do FNARAS mantém agenda em Brasília, em atendimento as demandas dos ACS/ACE das bases.  —  Foto: Reprodução.

Os coordenadores da CNF - Comissão Nacional da Federalização tem recebido atenção de forma ampla. Esta comissão representa o maior movimento nacional nascido nas bases dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias. Quando falamos bases, nos referimos a cada cidades onde se localiza cada agente. 

Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram

Veja outras formas de doações, aqui!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.