Parlamentar acusado de atacar agentes de saúde reage à Nota de Repúdio do SINDACS - Conexão Notícia

Header Ads


Parlamentar acusado de atacar agentes de saúde reage à Nota de Repúdio do SINDACS

  Vereador Abimael Pessoa nega que tenha generalizado fala contra toda a categoria de ACS's.  —  Foto: Reprodução.

Parlamentar acusado de atacar agentes de saúde reage à Nota de Repúdio do SINDACS
Publicado no Conexão Notícia em 19.maio.2021.  

Agentes de Saúde | A vitória de Abimael Pessoa (PSDB) ao legislativo municipal foi bastante comemorada entre os oposicionistas à família Calheiros em Murici/AL. O candidato se elegeu o vereador mais votado de seu partido. O que ninguém poderia imaginar é que ele se envolveria numa polêmica com o SINDACS-AL, após denunciar alguns agentes comunitários, segundo o parlamentar, por não realizarem as suas atividades.

Após receber a Nota de Repúdio, o vereador Abimael Pessoa usou as suas redes sociais para se defender, alegando que recebeu a nota no grupo dos parlamentares da cidade. Confira abaixo as justificativas dadas pelo vereador, que também comentou sobre as defesas que vem fazendo dos Agentes Comunitários de Saúde. Contudo, ele alega que há agentes que não está fazendo o seu trabalho. Acesse o vídeo, também disponível no Youtube.

Nota de Repúdio do SINDACS-AL

O Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde de Alagoas - SINDACS-AL - vem a público repudiar veementemente os atos difamatórios que o vereador da Murici, Abimael Pessoa, vem tentando dirigir aos agentes comunitários de saúde (ACS) do município.

Em uma série de vídeos publicados em seu perfil numa mídia social, o referido vereador atacou o trabalho realizado pelos ACS, afirmando ter recebido reclamações sobre a falta de visitas domiciliares. Nas gravações, ele ainda relativiza os riscos da pandemia e aponta o uso de máscaras como condição única para as atividades em campo.

Esclarecemos aqui, para que não restem dúvidas, que devido ao protocolo de distanciamento social controlado, os ACS estão desempenhando as atividades dentro das Unidades Básicas de Saúde (UBS) e apenas em casos prioritários há o deslocamento para os atendimentos domiciliares. 

Atacar deliberadamente uma categoria profissional, sem a devida averiguação dos fatos, é um ato grave e passível de resposta jurídica. Agir com má fé para se promover nas mídias sociais e gerar conflitos desnecessários, é reflexo de um perfil profissional antiético, imaturo e irresponsável.


Senhor vereador Abmael Pessoa, como representante da população de Murici, o seu trabalho é zelar pelo bem-estar de todos, inclusive dos profissionais atacados sem verdadeiros motivos.

Os ACS estão entre os profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) que trabalham na linha de frente desde o início da pandemia da COVID-19, portanto exigimos respeito.

Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde de Alagoas (SINDACS-AL), 11 de maio de 2021.


CN - Conexão Notícia e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.

Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram

CONACS: Ilda Angélica faz alerta sobre risco de perda de investimento de R$ 300 milhões nos ACS/ACE.

  Diretores da CONACS falam sobre a PEC 22 e fazem um alerta aos ACS/ACE, sobre o risco de perder o Curso Técnico.  —  Foto: Reprodução.

Em entrevista ao Programa Hora D, Ilda Angélica Correia (CONACS) comentou sobre duas pautas de grande interesse dos Agentes Comunitários e de Combate às Endemias. Ela falou sobre a PEC 22, que garante o reajuste do Piso Nacional e a formação técnica das duas categorias. Leia a matéria completa, aqui.

LEIA TAMBÉM:


Tíquete-alimentação: Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias comemoram aprovação
  As duas categorias serão contempladas com tíquete-alimentação no valor de R$ 300,00.  —  Foto: Reprodução.

No início do mês passado, foi aprovada por unanimidade na Câmara de Vereadores de ITABUNA, a concessão do tíquete-alimentação aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE) do município.



Piso Nacional defendido pelo FNARAS para Agentes de Saúde é de R$ 2.750 

  A Dra. Elane Alves e diretoras do FNARAS mantém agenda em Brasília, em atendimento as demandas dos ACS/ACE das bases.  —  Foto: Reprodução.

Os coordenadores da CNF - Comissão Nacional da Federalização tem recebido atenção de forma ampla. Esta comissão representa o maior movimento nacional nascido nas bases dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias. Quando falamos bases, nos referimos a cada cidades onde se localiza cada agente. 



Informatização: Agentes Comunitários de Saúde recebem tablets no Ceará

  Perguntas e respostas sobre a adesão dos municípios ao Curso Técnico dos ACS/ACE e Programa Saúde com Agente.  —  Foto: Reprodução.

Com os tablets e a utilização do aplicativo e-SUS, via PEC, ou seja, com sistema informatizado, a visita dos Agentes de Saúde às famílias granjeirenses será agilizada. O trabalho de escrita manual de dados em formulários e tabelas, agora serão realizados pelo aplicativo. Leia a matéria completa, aqui.

A importante bandeira de luta do Movimento Nacional pela Federalização, que é a Desprecarização de todos os agentes de país. Movimento que se fortaleceu em 2019, após a criação da Proposta Legislativa, criada após mais de 20.000 (vinte mil) votos, em algumas semanas, após a adesão dos voluntários da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde à articulação em prol da referida causa. 
A proposta da Federalização teve o início de sua tramitação no Senado Federal.  

Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram

Veja outras formas de doações, aqui!


Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.