Lewandowski mantém quebra de sigilo telefônico de Pazuello, Araújo e Mayra Pinheiro - Conexão Notícia

Header Ads


Lewandowski mantém quebra de sigilo telefônico de Pazuello, Araújo e Mayra Pinheiro

 Ricardo Lewandowski, negou o apelo do ex-ministro Eduardo Pazuello e da secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro. —  Foto: Reprodução.

Lewandowski mantém quebra de sigilo telefônico de Pazuello, Araújo e Mayra Pinheiro
Publicado no Conexão Notícia em 13.junho.2021.  

Brasil  |  Na noite de sábado (12), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, negou o apelo do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e da secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, contra sua quebra de sigilo telemático (envio de dados pela internet) e eletrônico, aprovado na CPI da Covid nesta semana. 

Na decisão, porém, Lewandowski destacou que até mesmo as informações deles relacionadas com as investigações devem ser mantidas entre senadores integrantes da CPI, pelas partes e por seus advogados. Lewandowski acrescentou que estes dados só devem vir a público depois que o relatório final da investigação for divulgado.


O material arrecadado poderá compreender informações e imagens que dizem respeito à vida privada da impetrante e de terceiras pessoas, razão pela qual advirto que os dados e informações concernentes a estas deverão permanecer sob rigoroso sigilo, acrescentou Lewandowski. 

Como se sabe, as comissões parlamentares de inquérito não são dotadas de quaisquer competências sancionatórias, quer dizer, não têm o poder de punir quem quer que seja. No entanto, desempenham um relevantíssimo papel institucional na elucidação de fatos de interesse da coletividade, sobretudo daqueles que, em condições normais, não viriam ao conhecimento da sociedade ou das autoridades competentes para avaliá-los, segundo as óticas política e jurídica, respectivamente, pontuou o ministro nas duas decisões.

Gazeta Brasil

Receita Federal aplica multas de até R$ 10 milhões contra artistas da Globo

 Reynaldo Gianecchini; Deborah Secco; Malvino Salvador estão no grupo de 43 atores na mira da Receita Federal. —  Foto: Reprodução.

Investigação apura contratos apontados como ‘indevidos’ com artistas da casa.

A Receita Federal voltou a executar multas contra artistas da Globo que mantiveram contratos como pessoa jurídica (PJ) com a emissora nos últimos anos. Entre as punições está uma multa de R$ 10 milhões a uma das atrizes investigadas. Leia a matéria completa, aqui!

Bill Gates é acusado de crimes contra a humanidade (vídeo)

 Bill Gates foi denunciado no Parlamento de Roma, Itália—  Foto: Reprodução.

Dias depois de ter sido revelado, em um relatório de inteligência, que Bill Gates ofereceu suborno de US$ 10 milhões por um programa de vacinação forçada contra o coronavírus na Nigéria, agora uma parlamentar está exigindo sua prisão no parlamento italiano. 

Sara Cunial, membro do Parlamento de Roma, denunciou Bill Gates como um "criminoso vacinal" e pediu para o presidente italiano a entregá-lo ao Tribunal Penal Internacional por crimes contra a humanidade... Leia a matéria completa, aqui!


CN - Conexão Notícia 

Acompanhe as notícias do CN - Conexão Notícia no Facebook

Veja outras formas de doações, aqui!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.