RS: Câmara Municipal reage a falta de agentes de saúde no interior de Camaquã - Conexão Notícia

Header Ads


RS: Câmara Municipal reage a falta de agentes de saúde no interior de Camaquã

   Falta agentes de saúde no interior de Camaquã. —  Foto: Reprodução.

RS: Câmara Municipal reage a falta de agentes de saúde no interior de Camaquã
Publicado no Conexão Notícia em 29.junho.2021. 

Agentes de Saúde | Requerimento do vereador Ronaldinho Renocar pede que o Executivo (Prefeito) estude o retorno ativo dos Agentes de Saúde no interior do município.

Em sessão ordinária realizada na noite de segunda-feira, 28 de junho, a Câmara Municipal de Vereadores de Camaquã  (RS) aprovou dois requerimentos propostos por parlamentares camaquenses. A 22º Sessão Ordinária de 2021 teve ambos os requerimentos aprovados por todos os vereadores.

Requerimento com Apoio do Plenário nº 33/2021 

ENCAMINHA Requerimento com o Apoio do Plenário ao Srº. MARCELO QUEIROGA, MINISTRO DA SAÚDE, a fim de incluir os profissionais que atuam nos Centros de Formações de Condutores - CFC na lista de prioridade de vacinação da Covid-19.

Requerimento com Apoio do Plenário nº 34/2021.

Esse pedido visa desenvolver atividades de promoção da saúde, de prevenção das doenças e de agravos, e de vigilância à saúde, por meio de visitas domiciliares e de ações educativas individuais e coletivas nos domicílios e na comunidade, mantendo a equipe informada, principalmente a respeito daquelas em situação de risco.

As visitas domiciliares no interior serão importantes, pois existem inúmeros pacientes acamados e precisam deste serviço. Assistência essa, que os munícipes têm direito constituído. 

O Ver. Ronaldinho, ainda sugere, que seja feito um Processo Seletivo para aquisição de recursos humanos a fim de atender esta demanda tão esperada pela população camaquense.

Após a leitura, esse requerimento foi incluído para a discussão e votação na Ordem do Dia da 22ª Sessão Ordinária. 

CN - Conexão Notícia e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil com informações da Câmara de Vereadores de Camaquã

Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsApp ou Telegram.

Vice-presidente da Associação Fnaras usa recursos do sindicato para lazer, afirma Portal de notícia  

  3º vice-presidente da Fnaras, Lourisval Pereira (1º da dir. para esq.). Ao centro, Ronaldo Silva, diretor do SindAgente-AM e da Fnaras. —  Foto: Reprodução.

Passeio com tudo pago com recurso dos associados - Segundo informações do Portal do Generoso, o 3º vice-presidente da Associação Fnaras, Lourisval Pereira, na sexta-feira (25) viajou à Parintins com as despesas pagas pelo Sindicato dos Trabalhadores em Controle e Combate de Endemias no Estado do Amazonas (SindAgente-AM), entidade da qual o citado é presidente.  Matéria completa, leia aqui!


A ostentação do presidente da AASA-Bahia, entidade é apontada como principal responsável pelo julgamento do Piso Nacional pelo STF.

    ACE fundador da lucrativa AASA-BA, ostenta nas redes sociais, revelando o lucrativo negócio da instituição com os Agentes de Saúde.  —  Foto/Reprodução.

Como é de conhecimento de todos os  Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, o Supremo Tribunal Federal (STF) irá decidir se o Piso Nacional é aplicável aos servidores dos estados, municípios e Distrito Federal, ou seja, a corte poderá derrubar o repassado que é feito aos agentes pelo FNS - Fundo Nacional de Saúde para pagamento dos agentes. Na prática, municípios e estados receberão, contudo, repassarão apenas uma parte com bem entender, caso o Supremo se posicione desfavoravelmente aos ACS/ACE.  Matéria completa, leia aqui!



Demissão em Massa: Diretora da Associação Fnaras usa rede social para defender prefeitos por demissões de ACS/ACE

Jussara, diretora da Associação Fnaras. A direita, foto usada pelas ACS's de Florianópolis, ameados de demissão, após 13 anos de serviços prestados ao município. —  Foto: Reprodução.

No último dia 23 junho, o JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil fez um alerta sobre os erros do texto da Proposta de Emenda à Constituição 14/2021, considerando que ela abre as portas para que prefeitos demitam agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias. A matéria teve grande repercussão nas redes sociais, quer no WhatsApp ou Facebook. 
A PEC 14 foi proposta pela Associação Fnaras, uma instituição formada de ex-diretores da CONACS e sindicalistas de mais ou menos 22 estados brasileiros.


CN - Conexão Notícia e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil 
Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsApp ou Telegram.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.