Header Ads


ACE's de São Cristóvão recebem novos Equipamentos de proteção individual

  Os agentes de endemias de São Cristóvão participaram de uma capacitação.  —  Foto: Reprodução.

Agentes de combate a Endemias de São Cristóvão recebem novos Equipamentos de proteção individual (EPIs)
Publicado no Conexão Notícia em 27.maio.2021.  

Agentes de Saúde | Os agentes de endemias de São Cristóvão participaram nesta terça (25) de uma capacitação para utilização e manuseio dos novos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) comprados pelo município. Foram recebidos EPIs para seis agentes de endemias responsáveis pelo trabalho de controle vetorial do Aedes Aegypti: kits contendo calça, blusão, aventais, botas, luvas, máscaras respiratórias, óculos de segurança, abafador ouricular e boné árabe.

A capacitação englobou um treinamento sobre como colocar e retirar os Epis de forma correta e segura, como utilizar o novo inseticida que está sendo utilizado pelo estado, e quais foram as alterações desde a última capacitação, entre outros.

Como estamos tratando de inseticida, nós orientamos os agentes a tanto se proteger como proteger a comunidade. Em tudo existe uma técnica para alcançar o objetivo maior que é eliminar os vetores, afirmou Edivaldo Pereira Maciel, supervisor regional do estado que realizou o treinamento.

Essa é uma capacitação que mostra como se deve usar os EPIS, que tipo de EPIS são, como utilizar de maneira correta, como vestir e retirar os materiais. Durante a técnica mostramos da teoria à prática, como também a manutenção da bomba e uso do nebulizador costal motorizado, entre outras práticas, explicou ele.

Para Elis Correia, coordenadora da Vigilância Ambiental da secretaria de Saúde de São Cristóvão este é um trabalho importante para as ações de bloqueios nos casos onde são detectados pacientes suspeitos ou confirmados de dengue, chicungunha ou zikavírus.

Além da parte educativa, que vai se manter e ampliar ainda mais, a gente deve ter agora o controle químico do vetor para o mosquito adulto. Com relação à dengue devemos ter um trabalho amplo e continuado em três setores: o controle mecânico de reservatórios, o controle químico e principalmente o trabalho educativo e informativo junto à população. Evitar é o melhor remédio para dengue, e toda a população deve ter muita atenção para não ter criadouro da dengue dentro de suas casas, onde atualmente é nosso principal foco, principalmente em lavanderias, reforça a coordenadora.

Para Vanderlei Gomes, agente de Endemias do município que participou da capacitação, o profissional deve se profissionalizar constantemente nessa área. 

Os profissionais de saúde devem se profissionalizar e se adequar, pois as tecnologias vão mudando e é de grande importância termos esse tipo de capacitação. Assim prestamos um trabalho melhor para a comunidade e isso é bom para todos, enfatizou.

Imprensa24h 

Publicado no CN - Conexão Notícia e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil 


Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram

Santa Rita adere ao Programa de formação técnica dos ACS/ACE Saúde com Agente

  A Prefeitura de Santa Rita de Cássia confirmou a adesão ao Programa Saúde com Agente  —  Foto: Reprodução.

A Prefeitura de Santa Rita de Cássia por meio da Secretaria Municipal de Saúde confirma a adesão ao Programa Saúde com Agente, voltado para a formação técnica dos servidores municipais – Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE). Leia a matéria completa, aqui.


BRASÍLIA: Jurídico do FNARAS fala da conquista da PEC 14/21 e sobre a nova etapa da luta da categoria 

  Dra. Elane Alves, assessora jurídica do Fnaras fala direto de Brasília.  —  Foto: Reprodução.

A Dra. Elane Alves, assessora jurídica do Fnaras, comentou sobre a grande conquista, obtida com o protocolo da PEC 14/2021, a Proposta que visa acabar com os desvios dos recursos destinados à categoria, também garantia da Aposentadoria Especial exclusiva para os ACS/ACE. Leia a matéria completa, aqui.

Recado direto de Brasília
"Agora é com vocês, é hora de votar e reafirmar a importância dessa proposta para a categoria. Fortaleça a luta divulgue e peça a todos os seus amigos para votarem que: “CONCORDO TOTALMENTE” com a PEC 14/2021."

Segue o link da Câmara de Deputados, destinado à votação:

LEIA TAMBÉM:

Brasília: Situação dos Agentes de Saúde (ACS/ACE) é tema de audiência pública na Câmara dos Deputados

  Por vários anos as demissões em massa dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias ocorreram silenciosamente, sem nenhuma reação nacional.  —  Foto: Reprodução.

Evento promovido pela Comissão de Seguridade Social e Família será transmitido pela internet.
A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados promove uma audiência pública, na próxima sexta-feira (28), para discutir a situação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) e dos Agentes de Combates às Endemias (ACEs), em meio à pandemia da Covid-19. Leia a matéria completa, aqui.



Agente de saúde é ameaçada de morte, após distribuir senha da vacina contra Covid-19

  Autor teria falado “que ia fazer uma peneira” da vítima.  —  Foto: Reprodução.

Agente de saúde foi ameaçada de morte ao distribuir senha para a vacina contra Covid-19. O autor teria falado “que ia fazer uma peneira” da vítima, e possui armas de fogo em sua residência.

Agente de saúde é confessa ter assassinado colega de trabalho

  4º DP Aparecida de Goiânia.  —  Foto: Reprodução.

Uma agente de Saúde de Aparecida foi presa suspeita de matar o colega de trabalho a facadas e depois queimar o corpo. O crime não ocorreu agora, mas o mandado de prisão só foi feito após investigação da Delegacia de Homicídios do município. Leia a matéria completa, aqui.


Demissões em massa: Agentes de saúde e de endemias fazem ato público para evitar desligamento em massa

  Agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias de Feira de Santana em ato contra as demissões em massa.  —  Foto: Reprodução.

Segundo Samuel Camêlo, coordenador da Comissão Nacional da Federalização dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, a demora na reação das instituições, quanto a questão da contratação precária, acumula um número sem precedente de demissões em massa das duas categorias.  Leia a matéria completa, aqui.

Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram

Veja outras formas de doações, aqui!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.