Agentes de combate a endemias participam de Curso de Arbovirais em Belford Roxo - Conexão Notícia

Header Ads


Agentes de combate a endemias participam de Curso de Arbovirais em Belford Roxo

  O curso foi destinado aos 223 agentes aprovados no processo seletivo. —  Foto: Reprodução.

Agentes de combate a endemias participam de Curso de Arbovirais em Belford Roxo
Publicado no Conexão Notícia em 29.junho.2021. 

Agentes de Saúde | O subsecretário de Saúde, Brayan Lima, explicou como o curso será ministrado.

Os 223 agentes de combate a endemias participam de curso de capacitação promovido pela Secretaria Municipal de Saúde.

Belford Roxo - A Secretaria de Saúde de Belford Roxo realizou nesta terça-feira (29/06), na Uniabeu, no Centro, a abertura do curso básico de controle de arbovirais para os 223 agentes de combate às endemias (ACE) aprovados no processo seletivo. Divididos em cinco turmas, os ACEs estarão se qualificando de maneira teórica durante toda semana para atuarem em campo nos cinco setores: Lote XV, Jardim Redentor, Parque São José, Nova Aurora e Heliópolis.


O subsecretário de Saúde Brayan Lima explicou que a prática será ministrada na outra semana. “O objetivo é desenvolver o nosso trabalho e contribuir com a cidade. Para isso é necessário se qualificar e aperfeiçoar antes de ir a campo. Nosso desafio é fazer, produzir, se sobressair para que os repasses do Governo Federal cheguem à cidade”, informou Brayan, ao lado do também subsecretário Wagner Turques, do secretário adjunto de Vigilância em Saúde, João Paulo de Souza, do vereador Markinho Gandra e do secretário executivo de Saúde, Luciano Ribeiro, que agradeceu a parceria da Uniabeu ao mantenedor Leandro Xavier Timóteo, pró-reitor acadêmico, professor Ênio de Souza Rocha e sua secretária Camila Silva de Souza.

Há 30 anos trabalhando com os agentes de endemias, Alexandre Pinheiro, diretor de Controle de Vetores, explicou a função de um ACE. “Eles fazem o controle do mosquito transmissor da dengue através de visitas domiciliares para identificar os possíveis focos onde a fêmea possa depositar os ovos. Orientam também os moradores para eliminar esses focos e dão dicas. Eles atuam em cinco setores, com equipes de até seis pessoas e cada um com a responsabilidade com até mil imóveis. Fazem relatórios diários e um resumo geográfico com os locais que estiveram”, finalizou Alexandre.

POR O DIA

CN - Conexão Notícia e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil 

Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsApp ou Telegram.


Marechal Floriano: Secretaria de Saúde entregou tablets aos Agentes Comunitários de Saúde

  Tablets destinados aos Agentes Comunitários de Saúde. —  Foto: Reprodução.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) realizou a entrega de tablets, destinados ao uso dos Agentes Comunitários de Saúde do município. Leia a matéria completa, aqui.



Demissões: Associação FNARAS cria Fake News para encobrir fala de Dra. Elane Alves.

Sindicatos associados à Associação Fnaras tenta silenciar parte do vídeo em que a Dra. Elane Alves reconhece a possibilidade de haver demissões em massa, mesmo após a aprovação da PEC 14. —  Foto: Reprodução.

Após a assessora jurídica da Associação Fnaras, Dra. Elane Alves, comentar admitir que as Demissões em Massa poderão continuar, mesmo após a aprovação da PEC 14 (que poderá vir a ser Emenda Constitucional), sindicatos associados criaram uma Fake News (mensagem falsa), alertando que o vídeo com a fala da advogada não é verdadeiro. Confira o vídeo baixo e acesse o link do original, no canal da Associação e confira com os seus próprios olhos! 


A ostentação do presidente da AASA-Bahia, entidade é apontada como principal responsável pelo julgamento do Piso Nacional pelo STF.

    ACE fundador da lucrativa AASA-BA, ostenta nas redes sociais, revelando o lucrativo negócio da instituição com os Agentes de Saúde.  —  Foto/Reprodução.

Como é de conhecimento de todos os  Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, o Supremo Tribunal Federal (STF) irá decidir se o Piso Nacional é aplicável aos servidores dos estados, municípios e Distrito Federal, ou seja, a corte poderá derrubar o repassado que é feito aos agentes pelo FNS - Fundo Nacional de Saúde para pagamento dos agentes. Na prática, municípios e estados receberão, contudo, repassarão apenas uma parte com bem entender, caso o Supremo se posicione desfavoravelmente aos ACS/ACE.  Matéria completa, leia aqui!



CN - Conexão Notícia e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil 
Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsApp ou Telegram.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.