Header Ads


BRASÍLIA: Comitiva de ACS/ACE é recebida na Câmara dos Deputados

   Agentes Comunitários de Saúde e Endemias de vários Estados do Brasil estiveram na Câmara dos Deputados. —  Foto: Reprodução.

BRASÍLIA: Comitiva de ACS/ACE é recebida na Câmara dos Deputados
Publicado no Conexão Notícia em 10.julho.2021. 

Agentes de Saúde | Na Câmara dos Deputados o deputado recebeu a comitiva de Agentes Comunitários de Saúde e Endemias de vários estados do Brasil, que seguem lutando pela valorização dessa importante categoria, principalmente neste momento delicado que estamos vivendo com a lamentável pandemia. Leia esta matéria completa, acesse aqui!

Acabamos de realizar uma atualização desta matéria. Confira as importantes informações sobre a articulação da comitiva da categoria, que esteve em Brasília, buscando garantir o reajuste do Piso Nacional para o próximo ano.


Publicado no JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e CN - Conexão Notícia 
Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsAppTelegram ou Facebook.



Prefeitura de Piúma começou a entregar tablets para os Agentes Comunitários de Saúde

   Agentes Comunitários de Saúde recebem tablets—  Foto: Reprodução.

A Prefeitura Municipal de Piúma, através da Secretaria Municipal de Saúde, começou a entrega de tablets para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) em curso de capacitação realizado na nova sede da Assistência Social do município.



Emenda à PEC 32/2020 que garante estabilidade para todos os servidores recebe 180 assinaturas.

  Câmara dos Deputados. —  Foto: Reprodução.

A proposta garante a estabilidade para todos os servidores. Atualmente, a PEC 32 estabelece o benefício apenas para os cargos típicos de Estado. O texto também assegura os direitos para os aprovados em concursos homologados, uma insegurança jurídica da reforma administrativa. Além disso, retira o vínculo de experiência, que tem prevista a criação no texto original.  Leia a matéria completa, aqui.

LEIA TAMBÉM:


STF permite exoneração de servidor concursado sem processo disciplinar e abre brecha para demissões injustificadas no serviço público.

  Os ministros do STF têm tomado decisões controversas. —  Foto: Reprodução.

“Foi uma nova exceção, que não tem previsão na Constituição. O tratamento é diferente do que é dado aos servidores que possuem regime próprio. O que gera a “vacância no cargo” é a inativação e não a exoneração, mas não encerra a relação jurídica do servidor com o órgão público. É exatamente o que ocorre com os militares que passam da ativa para a reserva, o que preserva alguns direitos e deveres” 


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.