Prefeitura de Santa Inês entrega balanças aos Agentes Comunitários de Saúde - Conexão Notícia

Header Ads


Prefeitura de Santa Inês entrega balanças aos Agentes Comunitários de Saúde

 A distribuição das balanças aos Agentes Comunitários de Saúde do município faz parte das metas de planejamento da gestão. —  Foto: Reprodução.

Prefeitura de Santa Inês entrega balanças aos Agentes Comunitários de Saúde
Publicado no Conexão Notícia em 16.junho.2021. 

Agentes de Saúde | A Prefeitura Municipal de Santa Inês, por meio da Secretaria de Saúde, entregou durante esta semana, balanças antropométricas aos Agentes Comunitários de Saúde do município. A entrega aconteceu na sala de Atenção Básica, localizada no Centro de Saúde Djalma Marque, e contou com a presença da Secretária de Saúde Micherlandia dos Santos e a coordenadora da Atenção Básica, Luzineide Muniz.

A distribuição das balanças faz parte das metas de planejamento da gestão, sendo um objeto de trabalho indispensável para o Agente Comunitário de Saúde (ACS). 

A secretária frisou a importância dos equipamentos básicos para o bom andamento dos trabalhos dos profissionais que fazem a saúde de nosso município.

A agente comunitária Ana Rita Martins, foi uma das profissionais que recebeu o novo instrumento de trabalho. 

Não é o primeiro instrumento de trabalho que nossa gestora adquire para nossa categoria, e esta balança representa um avanço no processo de acompanhamento e desenvolvimento das nossas crianças, mais uma vez agradecemos a Vianey Bringel pela dedicação e cuidado com nosso povo, afirmou a ACS.

CN - Conexão Notícia e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.


VÍDEO - Liderança nacional perde o controle, depois que ACS/ACE cobraram a Federalização.

 Pesquisa revela que 90% dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias desejam a Federalização, contudo, para não reduzir privilégios financeiros, representação despreza representados. —  Foto: Reprodução.

A realidade é chocante, além de absurda. Se por um lado maus gestores dentre os 5.570 municípios oprimem os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, por outro os agentes são humilhados, considerados invisíveis por parte de instituições que deveriam ouvir e buscar atender os anseios daqueles que as sustentam com os seus patrimônios financeiros. Matéria completa, leia aqui!


Entidades tentam usar acabar com a luta pela Federalização fazendo manobras

 Entidades que se dizem representativas estão tratando os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias como invisíveis. —  Foto: Reprodução.

Mesmo com quase 90% (noventa por cento) dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias reivindicando a Federalização, as entidades que se dizem representá-los os ignoram, em total ato de desrespeito e jogam a principal pauta dos agentes para debaixo do tapete. E se nada for feito agora, a janela das possibilidades políticas somente será aberta em 2026. Entenda o caso!


CN - Conexão Notícia e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.

Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.