Redes Sociais

Header Ads

Cabo Verde: agentes de Saúde ganham destaque com a luta contra a covid-19

Além de informar e sensibilizar os moradores, os técnicos de saúde estão também a fazer triagens.  —  Foto/Reprodução.

Cabo Verde: agentes de Saúde ganham destaque com a luta contra a covid-19 
Publicado no Conexão Notícia em 22.dez.2020.  

Agentes de Saúde | Os dois povoados com casos confirmados de Covid-19, na Boa Vista (Cabo Verde), estão a receber ação de sensibilização e informação sobre a pandemia do novo coronavírus. Técnicos do Ministério da Saúde e parceiros estiveram também a percorrer as localidades, a fazer triagem dos moradores.

No âmbito da luta contra a propagação da covid-19, o Ministério da Saúde e Segurança Social traçou um programa de mobilização e engajamento comunitário. Sensibilizar e informar a população sobre a pandemia do novo coronavírus, como explicou Argentina Tomar Fortes do Instituto Nacional de Saúde Publica.

Informar e sensibilizar as pessoas acerca da questão da prevenção da covid-19, aproveitamos este Estado de Emergência, em que as pessoas estão em casa, para fazermos triagem e avaliação médica na comunidade. Também, os doentes crónicos, que muitas vezes têm dificuldades em se deslocar, podem fazer seu controlo. Deste modo, evitamos deslocações à Delegacia de Saúde.

VEJA TAMBÉM:

Juntamente com os parceiros estão a desenvolver atividades em vários pontos da ilha da Boa Vista. Após a cidade de Sal Rei, a equipa multidisciplinar deslocou-se aos povoados. A começar pelas localidades com casos confirmados de Covid19.

Antes, estávamos concentrados a cidade de Sal Rei, agora estamos a descentralizar. Já estivemos em Estância de Baixo, onde já fizemos medição de temperatura, estivemos porta a porta a sensibilizar as pessoas acerca do distanciamento social e da necessidade do uso de máscara e de saírem de casa só em casos estritamente necessário.

Esta quinta-feira, a equipa esteve na vila do Rabil. Para além do posto móvel, os técnicos estiveram de casa em casa, a fazer triagem bem como a sensibilizar os moradores para cumprir as diretrizes das autoridades, sublinhou Argentina Tomar Fortes do Instituto Nacional de Saúde Pública.

Arieta Barros, RTC/Boa Vista
Editado por Benvindo Neves


Conteúdo relacionado:


Postar um comentário

0 Comentários