Tragédia: Policial elimina agente comunitário de saúde no Rio Grande do Norte - Conexão Notícia

Header Ads


Tragédia: Policial elimina agente comunitário de saúde no Rio Grande do Norte

Agente comunitário de saúde foi assassinado em Lagoa Nova, no Seridó potiguar.  —  Foto/Reprodução.

Tragédia: Policial elimina agente comunitário de saúde no Rio Grande do Norte
Publicado no Conexão Notícia em 18.dez.2020.  

Agentes de Saúde O agente comunitário de saúde de 35 anos foi morto a tiros na tarde de quarta-feira (16) no município de Lagoa Nova, na região Seridó potiguar. Um policial militar, que é o atual companheiro da ex-esposa da vítima, foi preso em flagrante após o crime.

De acordo com a polícia, o crime teria motivações passionais. A vítima, foi identificada como Alex Marcos José Justino, de 35 anos.

Segundo a Polícia Militar do município, Alex Marcos viu sua ex-esposa passando de carro com os filhos e o atual companheiro, policial militar. Eles estavam chegando de viagem.


Em uma motocicleta, o agente comunitário de saúde teria seguido o carro até a casa da ex-companheira, da qual estava separado há cerca de nove meses. Ele não aceitava o fim do relacionamento.

Confira o vídeo:


Ao chegar a imóvel, por volta das 16h30, enquanto a ex-esposa e seu companheiro tiravam a bagagem do carro, o agente teria começado uma discussão e uma briga com o policial militar, que disparou contra ele.

Segundo a PM, o homem foi atingido por um tiro no ombro esquerdo e morreu antes da chegada do socorro.

O militar tentou fugir após o crime. Ao chegar ao local do crime, a Polícia Civil acionou a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal. O militar foi abordado e detido pela equipe da PRF em Campo Redondo.

Apresentado à Delegacia de Polícia de Currais Novos, também no Seridó, o militar foi autuado em flagrante por homicídio doloso. Com ele, foi apreendida uma pistola 0.40 que pertence à Polícia Militar, e que teria sido instrumento com o qual ele praticou o crime.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi encaminhado para custódia.


Conteúdo relacionado:



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.