Header Ads


Experiência e dedicação de agentes de saúde fazem cair a letalidade da covid.

Graças às campanhas eleitorais a segunda onda de infecções se tornou realidade. —  Foto/Reprodução.

Experiência e dedicação de agentes de saúde fazem cair a letalidade da covid
Publicado no Conexão Notícia em 17.dez.2020.  

Agentes de Saúde Média de casos chegou quase ao mesmo nível do pico, em julho, mas a média de mortes é 41,4% menor graças aos verdadeiros heróis. 

A segunda onda de infecções se tornou realidade no Brasil graças às campanhas eleitorais, mas a experiência adquirida por agentes de saúde durante o combate ao coronavírus fez despencar a letalidade da doença.

A média móvel chegou a 43.346 casos por dia, bem próximo dos 46.263 registrados em julho, mas a dedicação e o tratamento ágil dos nossos profissionais conseguiram salvar 41,4% mais vidas que no auge da primeira onda.


Em julho, o Brasil chegou a 1.097 óbitos diários e agora são 643. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O esforço dos profissionais de saúde que, literalmente, arriscam as vidas para salvar outras, se reflete nos mais de 6 milhões de curados da covid.

A nova onda é confirmada nos casos ativos. Caíram de 818,5 mil para 362,5 mil na última semana da campanha e já subiram para 740 mil.

No pico, em julho, a taxa de recuperação dos pacientes contaminados pelo coronavírus era de 93,1%. Atualmente, o índice subiu para 97,06%.

Foto: Cb Estevam/Ccomsex



Conteúdo relacionado:



Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.