Header Ads


Maranhão: Agentes de saúde começam a testar passageiros em terminal marítimo

 Agentes comunitários de saúde começaram a testar passageiros num terminal marítimo de São Luís.  —  Foto: Reprodução.

Maranhão: Agentes de saúde começam a testar passageiros em terminal marítimo
Publicado no Conexão Notícia em 31.maio.2021.  

Agentes de Saúde | Nos próximos dias, o governo do estado e o Ministério da Saúde prometem montar barreiras sanitárias nos aeroportos de São Luís e de Imperatriz, segunda maior cidade maranhense, e no complexo portuário do Itaqui.

Os testes foram feitos na área de embarque e desembarque do ferry boat, por onde passam 72 mil pessoas por dia, entre São Luís e a chamada Baixada Maranhense, uma das regiões mais populosas do estado e importante via de acesso ao Pará.

O Maranhão recebeu 600 mil testes do Ministério da Saúde para uma testagem em massa no estado.

Todos os passageiros que entram ou saem de São Luís pelo ferry boat passam por um corredor onde foi montado o centro de testagem onde o passageiro pode optar por fazer ou não o teste. E já no primeiro teste realizado, uma surpresa e um susto.


Dona Maria, primeira voluntária, fez o teste antes de embarcar e deu positivo. Ela teve o sangue coletado para análise no Instituto Evandro Chagas, no Pará, que vai fazer o mapeamento genético da amostra. Depois, encaminhada para uma UPA. O terceiro teste numa pessoa que preferiu não aparecer também deu positivo.

“Ele vai ser encaminhado para uma sala que a gente tem para ser coletado o PCR, que vai ser sequenciado para se poder saber se é a cepa indiana ou qualquer outro tipo de cepa com a qual esse paciente possa estar contaminado”, disse Carlos Vinícius Ribeiro, secretário-adjunto de Saúde do Maranhão.

Nos próximos dias, o governo do estado e o Ministério da Saúde prometem montar barreiras sanitárias nos aeroportos de São Luís e de Imperatriz, segunda maior cidade maranhense, e no complexo portuário do Itaqui. Essa fiscalização cabe à Anvisa, mas o governador Flávio Dino, do PCdoB, vai editar um decreto para compartilhar a competência.


"Todos os navios, todos os portos, assim como também os hotéis passam a ser obrigados a notificar a Vigilância Sanitária do governo do estado no caso da presença de estrangeiros que podem eventualmente implicar a proliferação de novas variantes", explicou Flávio Dino.

O Maranhão começou a utilizar as 300 mil doses extras de vacina enviadas pelo governo federal. Um posto de vacinação foi montado na área portuária para vacinar os trabalhadores.

 Jornal Nacional

Publicado no CN - Conexão Notícia e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil 

Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram


URGENTE: Agente de Saúde encontra mãe e filho mortos brutalmente durante visita domiciliar

 Polícia encontrou pedaço de madeira que pode ter sido usado no crime.  —  Foto: Reprodução/4º BPM.

Mãe e filho são encontrados mortos, primeiro por um agente comunitário de saúde que foi até a propriedade rural para uma visita. O principal suspeito foi preso. Assista o vídeo...

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.