RJ - São Pedro da Aldeia treina Agente Comunitário de Saúde para atendimento humanizado - Conexão Notícia

Header Ads


RJ - São Pedro da Aldeia treina Agente Comunitário de Saúde para atendimento humanizado

Semana foi marcada por qualificação oferecidas aos trabalhadores da Atenção Básica e Atenção Domiciliar. —  Foto: Reprodução.

RJ - São Pedro da Aldeia treina Agente Comunitário de Saúde para atendimento humanizado
Publicado no Conexão Notícia em 25.junho.2021. 

Agentes de Saúde | O setor de Atenção Básica ministrou o curso introdutório de formação de Agente Comunitário de Saúde (ACS).

A Prefeitura de São Pedro segue com a prioridade de proporcionar atendimento humanizado na saúde com o oferecimento de qualificações destinadas aos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde.
Nesta semana, os trabalhadores tiveram a possibilidade de acompanhar treinamentos e palestras. O objetivo é tornar as abordagens aos usuários do SUS mais assertivas e com foco na qualidade de vida dos aldeenses.


O setor de Atenção Básica ministrou o curso introdutório de formação de Agente Comunitário de Saúde (ACS).

O treinamento recebeu candidatos do último Processo Seletivo Simplificado concluído, possibilitando o cadastro de reserva para futuras alocações de novos ACS em áreas adstritas aos territórios de abrangência da Estratégia de Saúde da Família.

O treinamento aconteceu entre 21 a 25 de junho no auditório do Centro de Formação Continuada (CEFOR). Além de toda base teórica, os convocados participaram de dinâmicas, rodas de conversa e outras atividades relacionadas ao processo de trabalho do ACS.


“Foi uma semana muito produtiva. Os resultados foram, sem dúvida, construtivos. Finalizamos a semana com a certeza de que, em breve, teremos alocados nas equipes de saúde da família profissionais preparados e sensibilizados sobre a importância da sua atuação”, relatou a coordenadora da Atenção Básica, Jaqueline Tinoco.

Também foi realizada a palestra “Um olhar para a diversidade sexual”, ministrada pela psicóloga Anna Carolina Maciel Lisboa aos profissionais de saúde do programa Melhor em Casa.
O tema foi escolhido em alusão ao Dia do Orgulho LGBTQIA+, com a intenção de qualificar os trabalhadores quanto à abordagem dos pacientes incluídos nesse grupo populacional, garantindo os direitos e respeitos a eles.

Falar sobre a sexualidade e suas diversidades abre a oportunidade de diminuir o preconceito e discriminação, permitindo o acesso da população LGBTQUIA+ ao serviço de saúde de forma acolhedora e com atendimento humanizado”, disse a psicóloga Anna Carolina.
A palestra teve como temática a sexualidade, diversidade sexual e gênero, direitos da população LGBTQIA+, “despatologização” das identidades trans e da homossexualidade.

Para o coordenador da Atenção Domiciliar, Junior Curcino, o curso teve saldo positivo. “Garantir a qualidade de vida e preservar a identidade desse usuário faz parte da saúde”, afirmou.

A Secretaria de Saúde ressalta que continua com a intenção de oferecer qualidade no atendimento de saúde aos usuários da rede e dando oportunidade aos servidores de acompanhar as mudanças socioculturais, por meio da informação e atualização dos serviços para melhoria contínua dos serviços.

Prefeitura de São Pedro


Maranhão: Estado repassará incentivo PECAPS aos municípios, que pagará aos ACS/ACE

Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias no Estado receberão remuneração extra. —  Foto: Reprodução.

Trata-se da Política Estadual de Cofinanciamento da Atenção Primária em Saúde do Estado do Maranhão (PECAPS).

“O Cofinanciamento é o que o Estado vai repassar para o município. Trata-se da parte financeira do Estado. Então esse repasse será, inicialmente, para os Agentes de Saúde e Agentes de Endemias, por isso fizemos essa reunião com estes profissionais, porque temos algumas metas para cumprir. Os agentes de Saúde, por exemplo, vão ter que fazer 80% das visitas domiciliares e 80% dos cadastros individuais das pessoas onde eles visitam”, disse a gestora municipal de Saúde. Matéria completa, leia aqui!



Agentes comunitários e de combate às endemias receberão recursos do Previne Brasil

 Além da equipe, agentes comunitários e de combate às endemias receberão 70% dos recursos destinados ao Previne Brasil, no caso descrito na matéria. —  Foto: Reprodução.

Temos recebido diversas mensagem sobre o direito da categoria ao Previne Brasil.  
Prefeitos e seus secretários estão negando o direito ao repasse feito pelo FNS - Fundo Nacional de Saúde, contudo, as lideranças não devem desistir de buscar garantir esse direito. Com a finalidade de ajudar aos colegas que tiveram o direito negado ou não sabem por onde começar a articulação, estamos disponibilizando essa matéria para que sirva de motivação e parâmetro de articulação, sabendo que vários municípios estão repassando aos Agentes Comunitários de Saúde os valores correspondente ao Previne Brasil. 



Agentes de Saúde: Os aspectos favoráveis da Lei Ruth Brilhante

 Os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias e as novidades da Lei Ruth Brilhante. —  Foto: Reprodução.

Lei Ruth Brilhante - Veja alguns destaques da lei: Formação ensino, Área descobertas, Flexibilidade de moradia, Flexibilidade de horários no trabalho, Indenização com transporte e outros e Investidura no serviço público através de emprego público.   


Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.