Salário base de R$ 877: Agentes de saúde fazem protesto em Salvador pelo Piso e Plano de Carreira - Conexão Notícia

Header Ads


Salário base de R$ 877: Agentes de saúde fazem protesto em Salvador pelo Piso e Plano de Carreira

Agentes de saúde fizeram protesto no centro de Salvador por condições de trabalho e reajuste salarial. Várias entidades da categoria participaram. —  Foto: Reprodução.

Salário base de R$ 877: Agentes de saúde fazem protesto em Salvador pelo Piso e Plano de Carreira
Publicado no Conexão Notícia em 27.junho.2021. 

Agentes de Saúde | Agentes de saúde que atuam em Salvador fizeram um protesto na frente da sede da prefeitura da capital da baiana, na tarde de segunda-feira (21). O grupo reivindica melhores condições de trabalho e reajuste salarial.

O que nós estamos requerendo hoje é que o prefeito Bruno Reis nos atenda. O que nós queremos é um diálogo com o prefeito, que já conversou com rodoviários, professores e até hoje não conversou com os agentes de saúde, disse o ACE Ivan Antunes, criador da Associação dos Agentes de Saúde do Estado da Bahia.

Segundo o ACE, a categoria também quer que o plano de cargos, que de acordo com ele, foi prometido em 2019, seja cumprido.

Nós estamos desde janeiro tentando diálogo, o prefeito se esquiva, mas nós queremos conversar. Nós temos diversos problemas para exercer a nossa atividade, em nenhum momento nós paramos, para atuar no combate a Covid-19, mas até agora o município não cumpriu com o prometido em 2019, que é o plano de cargos, afirmou.


Depois de uma luta tão pesada com a Covid-19, que a gente perdeu quase 100 companheiros para essa doença, que nós queremos que o município reconheça nossos direitos.

Em nota, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou que já instituiu um Grupo de Trabalho, inclusive com representantes do sindicato da categoria, para discussão dos critérios que serão adotados para avaliação objetiva do desempenho dos servidores para progressão de carreira. No entanto, as discussões foram suspensas temporariamente durante a pandemia.

A SMS também destacou que a gestão reconhece a importância da retomada do trabalho e disse que no próximo semestre deverá retomar as discussões desenvolvidas pela comissão.

CN - Conexão Notícia e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil / Com informações do G1 Bahia.
Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsApp ou Telegram.

LEIA TAMBÉM:


VÍDEO: Dra. Elane Alves reconhece que poderá haver demissões em massa

A  agente comunitária de saúde Marinalva Lima relatou o que sofreu com o assalto. —  Foto: Reprodução.

Agentes de Saúde | Após matéria que descreve a possibilidade de erros do Texto da PEC 14/2021 abrir as portas para que prefeitos demitam ACS e ACE (fato que vem ocorrendo nos dias de hoje e ´poderá se intensificar), a Dra. Elane Alves, assessora jurídica da Associação Fnaras, admitiu hoje (26/06) que as demissões em massa poderão ocorrer. Ela comentou que somente Deus não comete erros. Confira a fala da advogada no vídeo abaixo.

Elane Alves dedicou mais de uma hora para tratar do tema, levantado nas Redes Sociais por um dos coordenadores da Comissão Oficial da Federalização. Matéria completa, leia aqui!



Maranhão: Estado repassará incentivo PECAPS aos municípios, que pagará aos ACS/ACE

Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias no Estado receberão remuneração extra. —  Foto: Reprodução.

Trata-se da Política Estadual de Cofinanciamento da Atenção Primária em Saúde do Estado do Maranhão (PECAPS).

“O Cofinanciamento é o que o Estado vai repassar para o município. Trata-se da parte financeira do Estado. Então esse repasse será, inicialmente, para os Agentes de Saúde e Agentes de Endemias, por isso fizemos essa reunião com estes profissionais, porque temos algumas metas para cumprir. Os agentes de Saúde, por exemplo, vão ter que fazer 80% das visitas domiciliares e 80% dos cadastros individuais das pessoas onde eles visitam”, disse a gestora municipal de Saúde. Matéria completa, leia aqui!



Agentes comunitários e de combate às endemias receberão recursos do Previne Brasil

 Além da equipe, agentes comunitários e de combate às endemias receberão 70% dos recursos destinados ao Previne Brasil, no caso descrito na matéria. —  Foto: Reprodução.

Temos recebido diversas mensagem sobre o direito da categoria ao Previne Brasil.  
Prefeitos e seus secretários estão negando o direito ao repasse feito pelo FNS - Fundo Nacional de Saúde, contudo, as lideranças não devem desistir de buscar garantir esse direito. Com a finalidade de ajudar aos colegas que tiveram o direito negado ou não sabem por onde começar a articulação, estamos disponibilizando essa matéria para que sirva de motivação e parâmetro de articulação, sabendo que vários municípios estão repassando aos Agentes Comunitários de Saúde os valores correspondente ao Previne Brasil. 


Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.