Redes Sociais

Header Ads

O que você precisa fazer antes de migrar para o e-SUS APS 4.0

versão 4.0 do PEC e-SUS APS já está pronta.  —  Foto/Reprodução.

O que você precisa fazer antes de migrar para o e-SUS APS 4.0
Publicado no Conexão Notícia em 28.nov.2020.  

Agentes de Saúde Vai atualizar ou instalar a nova versão do sistema? Confira o passo-a-passo para realizar a ação com sucesso!

A atualização e instalação para a versão 4.0 do PEC e-SUS APS foi projetada para ser rápida e fácil. Poucas etapas são necessárias antes de iniciar o programa. Só é preciso garantir a passagem por todas elas para um bom funcionamento da nova versão.

O primeiro passo é verificar se o computador onde a nova versão será instalada já possui o Java 8 (ou superior) de 64 bits instalado. Essa verificação pode ser feita no terminal no Linux ou prompt de comando no Windows, com o comando “java -version”.

Caso o gestor verifique que ainda não possui a versão ou ainda não tem o Java instalado, poderá obter o Java JRE 8 de 64 bits para Windows clicando aqui. Também é possível para o Linux, executando no terminal o seguinte comando: apt install openjdk-8-jre-headless.

A partir daí, o passo-a-passo diverge se você está atualizando o PEC e-SUS APS que já possui ou se está instalando diretamente a versão PEC e-SUS APS 4.0.

Para atualização de versão anterior do e-SUS APS

- Realize backup antes de iniciar a atualização e teste-o em outra máquina, para ver se é um backup funcional;

- É fundamental que a versão já instalada seja a 3.2.31 para iniciar a atualização; assim, todas as migrações têm garantia de terem sido rodadas, todos os processamentos realizados e os registros atualizados;

Para instalação direta do e-SUS APS 4.0

- É necessário ter privilégios de administrador para executar o instalador, que inicia com “eSUS-AB-PEC”, de extensão .jar;


Nos dois casos, para a sincronização segura do banco de dados, você precisa saber se seu município possui banco de dados próprio ou se precisará fazer uso do banco Postgres disponibilizado no instalador. Caso utilize banco de dados próprio, você deverá incluir URL de conexão, nome de usuário e senha durante a instalação do e-SUS APS 4.0, ou selecionar um backup da 3.2.31 ou superior.

Em ambos os casos, o município é responsável pela administração e configuração do banco de dados.

Pronto! Agora, é seguir com o processo de instalação intuitivo do e-SUS APS 4.0! Mas, caso tenha alguma dúvida, você pode acessar a plataforma esusaps.bridge.ufsc.br para conversar com o Suporte Bridge. O Suporte é composto por uma equipe especializada no Laboratório Bridge, que desenvolveu toda a estratégia e-SUS APS para o Ministério da Saúde.

Com informações Conasems

   Conteúdo relacionado:  

Postar um comentário

0 Comentários