URGENTE: Ilda Angélica faz alerta sobre a Adesão ao Curso Técnico em ACS/ACE. - Conexão Notícia

Header Ads


URGENTE: Ilda Angélica faz alerta sobre a Adesão ao Curso Técnico em ACS/ACE.

  Ilda Angélica (CONACS) fez um alerta de grande importância à categoria de ACS/ACE.  —  Foto: Reprodução.

URGENTE: Ilda Angélica faz alerta sobre a Adesão ao Curso Técnico em ACS/ACE.
Publicado no Conexão Notícia em 18.maio.2021.  

Agentes de Saúde | A diretora da CONACS - Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde, Ilda Angélica Correia, faz um importante alerta à categoria de todo o Brasil, sobre a adesão à formação técnica. Segundo ela, apenas 41% dos municípios brasileiros fizeram a adesão, ou seja, de cada 10 cidades, apenas 4 estão garantindo a formação técnica dos ACS/ACE.

A adesão do município é obrigatória?
adesão do município é obrigatória não é obrigatória. Isso significa que o prefeito pode obter por não garantir que os seus ACS/ACE tenham acesso ao investimento milionário em sua formação. 

Quais são as perdas, caso não ocorra adesão?
Se a categoria não faz a adesão, além de receber menos dos demais servidores, que já possuem a formação, há diversas outras implicações, inclusive, de ser enquadrado na faixa de piso mais baixa, das duas que estão sendo propostas no Congresso, além deixar favorecido no Plano de Cargos e Salários dos servidores.

Uma formação inédita no país
Em toda a história dos ACS/ACE, nunca houve uma mega formação como a atual. Para se ter ideia, até os dias de hoje, nenhum governo financiou a formação de toda a categoria. No máximo, os municípios realizaram a formação básica. 
Atualmente espera-se que 380 mil agentes sejam contemplados com a formação.

O maior investimento da história dos ACS/ACE
O valor do investimento na formação técnica dos ACS/ACE é a maior da história, ou seja, R$ 300 milhões no programa e R$ 4,8 bilhões para o pagamento do salário dos agentes, conforme informações do Ministério da Saúde.
Detalhe: todo esse volume está sendo liberado sem houvesse uma só manifestação em Brasília, pressionando os deputados federais, senadores ou o Governo Federal.

30 PERGUNTAS E RESPOSTAS sobre a Adesão dos municípios ao Programa Saúde com Agente e o Curso Técnico dos ACS/ACE, clique aqui e tenha acesso a mais detalhes!  

Veja no vídeo abaixo o recado de Ilda:


Samuel Camêlo, CN - Conexão Notícia e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.

Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram

LEIA TAMBÉM:


Alagoas: Parlamentar diz que  Agentes de Saúde não trabalham, vivem de mi-mi-mi.

  Vereador Abimael Moura fez séria acusação contra os Agentes de Saúde.  —  Foto: Reprodução.

O parlamentar Abimael Moura fez séria acusação contra os Agentes de Saúde, afirmando que a categoria não trabalhava, vivia de mi-mi-mi. A categoria reagiu, desqualificando a postura do parlamentar, em pleno Plenário, confira: Leia a matéria completa, aqui.


Tíquete-alimentação: Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias comemoram aprovação
  As duas categorias serão contempladas com tíquete-alimentação no valor de R$ 300,00.  —  Foto: Reprodução.

No início do mês passado, foi aprovada por unanimidade na Câmara de Vereadores de ITABUNA, a concessão do tíquete-alimentação aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE) do município.



Piso Nacional defendido pelo FNARAS para Agentes de Saúde é de R$ 2.750 

  A Dra. Elane Alves e diretoras do FNARAS mantém agenda em Brasília, em atendimento as demandas dos ACS/ACE das bases.  —  Foto: Reprodução.

Os coordenadores da CNF - Comissão Nacional da Federalização tem recebido atenção de forma ampla. Esta comissão representa o maior movimento nacional nascido nas bases dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias. Quando falamos bases, nos referimos a cada cidades onde se localiza cada agente. 



Informatização: Agentes Comunitários de Saúde recebem tablets no Ceará

  Perguntas e respostas sobre a adesão dos municípios ao Curso Técnico dos ACS/ACE e Programa Saúde com Agente.  —  Foto: Reprodução.

Com os tablets e a utilização do aplicativo e-SUS, via PEC, ou seja, com sistema informatizado, a visita dos Agentes de Saúde às famílias granjeirenses será agilizada. O trabalho de escrita manual de dados em formulários e tabelas, agora serão realizados pelo aplicativo. Leia a matéria completa, aqui.

A importante bandeira de luta do Movimento Nacional pela Federalização, que é a Desprecarização de todos os agentes de país. Movimento que se fortaleceu em 2019, após a criação da Proposta Legislativa, criada após mais de 20.000 (vinte mil) votos, em algumas semanas, após a adesão dos voluntários da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde à articulação em prol da referida causa. 
A proposta da Federalização teve o início de sua tramitação no Senado Federal.  

Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram

Veja outras formas de doações, aqui!


Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.