BRASÍLIA: Lideranças dos ACS/ACE continuam realizando articulações no DF. - Conexão Notícia

Header Ads


BRASÍLIA: Lideranças dos ACS/ACE continuam realizando articulações no DF.

   Ao lado de lideranças dos ACS/ACE a assessora jurídica da Associação Fnaras comenta sobre articulações em Brasília. —  Foto: Reprodução.

BRASÍLIA: Lideranças dos ACS/ACE continuam realizando articulações no DF.
Publicado no Conexão Notícia em 14.julho.2021. 

Agentes de Saúde |  Acaba de chegar as últimas notícias sobre as articulações para aprovação da LDO e a garantia de previsão orçamentária para o pagamento do reajuste do Piso Salarial dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias para 2022. A assessora jurídica da Associação Fnaras, Elane Alves, faz um breve comentário sobre os trabalhos que estão sendo realizados no Distrito Federal. 

Emenda à LDO que garante o reajuste do piso salarial no orçamento da união está sendo apresentada por todas as bancadas partidárias.  

A emenda de texto na LDO foi proposta pela Frente Parlamentar em parceria com a assessoria jurídica do FNARAS, e agora a própria categoria está sendo decisiva na mobilização pelas redes sociais fazendo a busca ativa de todos os parlamentares. 

A resposta das assessorias e dos próprios parlamentares à categoria está sendo quase imediata.

Confira o vídeo abaixo:


CONACS em Brasília
Na tarde de hoje (14/07) Ilda Angélica, diretora presidente da CONACS - Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde, esteve em reunião com o relator da LDO, deputado federal Juscelino Filho (Maranhão), acompanhada dos deputados Hildo Rocha, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos ACS e ACE, deputado Valtenir Pereira e do deputado Welligton Prado na entrega da emenda que garantirá o reajuste do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE para o próximo ano. Leia essa matéria completa, aqui!


Frente Parlamentar em Defesa dos ACS/ACE
A iniciativa do Deputado Federal Dr. Leonardo Ribeiro Albuquerque, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, que apresentou uma Emenda de Texto na LDO que deverá garantir o REAJUSTE DO PISO SALARIAL NACIONAL tem até amanhã ao meio dia para ser apresentada à Comissão Mista do Orçamento. Tal procedimento visa garantir o Orçamento para Pagamento do Piso, considerado a aprovação da PEC 22.

Representantes da Associação Fnaras acompanharam o pronunciamento sobre a apresentação do referido texto. Leia a matéria completa e veja o vídeo, aqui!

JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e CN - Conexão Notícia.
Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsAppTelegram ou Facebook.

Confira os preços baixos de nossa loja, aqui!




CONACS: insalubridade em grau máximo (40%) é debatida por diretores auto de proposta 

   Debate semanal da CONACS tratou sobre a Insalubridade em Grau Máximo, além de outros temas. —  Foto: Reprodução.

Proposta que garante adicional de insalubridade para serviços essenciais durante pandemia entrou na pauta de debates da CONACS, ontem (12/07). Entre outros temas, Ilda Angélica (CONACS) Expedito Bonfim (FEDAACSE) e o Dep. Federal Heitor Freire (PSL/CE) trataram do Projeto de Lei 830/2020, que garante o pagamento equivalente a 40% de insalubridade. Leia a matéria completa, aqui!



Prefeitura de Piúma começou a entregar tablets para os Agentes Comunitários de Saúde

   Agentes Comunitários de Saúde recebem tablets—  Foto: Reprodução.

A Prefeitura Municipal de Piúma, através da Secretaria Municipal de Saúde, começou a entrega de tablets para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) em curso de capacitação realizado na nova sede da Assistência Social do município.



STF permite exoneração de servidor concursado sem processo disciplinar e abre brecha para demissões injustificadas no serviço público.

  Os ministros do STF têm tomado decisões controversas. —  Foto: Reprodução.

“Foi uma nova exceção, que não tem previsão na Constituição. O tratamento é diferente do que é dado aos servidores que possuem regime próprio. O que gera a “vacância no cargo” é a inativação e não a exoneração, mas não encerra a relação jurídica do servidor com o órgão público. É exatamente o que ocorre com os militares que passam da ativa para a reserva, o que preserva alguns direitos e deveres” 
* Eduardo Koetz – Especialista em direito previdenciário e tributário, sócio da Koetz Advocacia. Leia a matéria completa, aqui.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.