Oportunismo e insana busca por holofotes: Mandetta volta a atacar o Ministro da Saúde - Conexão Notícia

Header Ads


Oportunismo e insana busca por holofotes: Mandetta volta a atacar o Ministro da Saúde

 Luiz Henrique Mandetta —  Foto/Reprodução.

Oportunismo e insana busca por holofotes: Mandetta volta a atacar o Ministro da Saúde
Publicado no Conexão Notícia em 25.dez.2020.  

Ministério da Saúde Luiz Henrique Mandetta é portador de um covarde oportunismo!

Além disso, é um poço de ingratidão...

Uma figura execrável.

Na insana busca por holofotes, adora aparecer e dar entrevistas, principalmente, ao Grupo Globo.

Em ataques sujos e rasteiros, Mandetta voltou a disparar contra o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello.

Um militar não tem a menor noção do que é Saúde. A gente passa a ter um governo federal que sai completamente do enfrentamento da Saúde e com o argumento de que o problema era de logística. Nunca foi. O problema era de Saúde pública, muito mais complexo do que carregar caixa para lá e para cá. E agora tem uma crise tripla, de prevenção, atendimento e vacina.

Tentando se promover e, certamente, pensando em 2022, ele disse o que faria se estivesse no Ministério da Saúde:

Eu aumentaria muito a credibilidade da vacina, faria eventos, chamaria todo o setor, cientistas, personalidades, conversaria francamente com a sociedade brasileira sobre os riscos e os benefícios. Partiria agressivamente para fazer um pool de vacinas e organizaria para que a gente pudesse ter um número maior possível de pessoas vacinadas antes do próximo inverno.
Esse é um vírus que tem sazonalidade, o período que ele tem mais facilidade é o inverno. Ele vai aumentar diametralmente no próximo inverno, então temos que chegar lá, pelo menos, com todos os idosos, pessoal de saúde e pessoas com comorbidades vacinados.
Teria feito acordo com todos os produtores de vacina, não teria colocado jamais a ficha em uma única vacina. A aquisição de vacinas está sendo feita a partir da pressão da sociedade, estão sendo obrigados a admitir coisas óbvias.

A questão é: Por que não fez quando era ministro?

Apenas preocupou-se em espalhar o caos e o terror, além de dar entrevistas sem qualquer necessidade.

No jogo político de Mandetta vale tudo para chegar ao poder. Porém o povo conhece o seu verdadeiro caráter!

Entre os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias é notório que Mandetta foi totalmente omisso. Somente lembrou desses agentes as vésperas de sua saída. Não há registro algum de um ato sequer, que o ex-ministro tenha feito em beneficio dos profissionais que declara defender. Declarar é uma coisa, praticar o que se declara é outra totalmente diferente. 

Com informações do Jornal da Cidade Online


Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.