Processo Seletivo: Saiu o edital para contratação de mil Agentes Comunitários de Saúde - Conexão Notícia

Header Ads


Processo Seletivo: Saiu o edital para contratação de mil Agentes Comunitários de Saúde

  Agentes comunitários de saúde e de vigilância ambiental estão entre os profissionais a serem contratados.  —  Foto/Reprodução/Paulo H. Carvalho.

Processo Seletivo: Saiu o edital para contratação de mil Agentes Comunitários de Saúde
Publicado no Conexão Notícia em 02.setembro.2021.  

Agentes de Saúde Inscrições para processo seletivo simplificado iniciam dia 6 de setembro. A seleção inclui formação de cadastro de reserva

Foi publicado, no Diário Oficial do Distrito Federal, edital do processo seletivo simplificado para contratação temporária de 500 agentes de vigilância ambiental e 500 agentes comunitários de saúde, e formação de cadastro de reserva.


As inscrições podem ser feitas pelo site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação na aba “Inscrição e 2ª via do boleto”, a partir das 10h do dia 6 de setembro até as 23h59 do dia 21 de setembro. O último dia para pagamento do boleto bancário é dia 22 de setembro. O valor da inscrição para ambos os cargos é de R$ 42.


O processo seletivo simplificado compreende análise curricular, de caráter classificatório, e procedimento de heteroidentificação – negros, também de caráter classificatório. Os detalhes do processo estão no Diário Oficial do Distrito Federal no Diário Oficial do Distrito Federal.

A validade do contrato será de um ano, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período. Os contratados não terão direito ao recebimento de gratificações e auxílios que integram a remuneração dos servidores efetivos.


Eles receberão apenas a remuneração básica, sendo R$ 1,7 mil para os agentes comunitários de saúde e R$ 2 mil para os agentes de vigilância ambiental. A jornada de trabalho para os dois cargos é de 40 horas semanais e o nível de escolaridade exigido para ambos é ensino médio.

A contratação dos mil agentes vai reforçar o trabalho de vigilância à saúde e no enfrentamento à pandemia, considerando que esses agentes têm em suas atribuições o trabalho de combate aos agentes biológicos e não biológicos, além de outras endemias”, pontua a subsecretária de Gestão de Pessoas, Silene Almeida.

Além disso, segundo ela, haverá reforço substancial nas equipes de atenção primária que, atualmente, possuem um grande déficit de agentes comunitários de saúde, desfalcando muitas equipes. “Com a contratação dos novos agentes, as equipes serão consistidas, acarretando até em aumento do repasse do Ministério da Saúde para a Secretaria de Saúde no financiamento do programa”, explica.

Atenção primária

Segundo o coordenador de Atenção Primária à Saúde, Fernando Erick Damasceno, a contratação representa uma conquista muito grande para a Secretaria de Saúde. “Os agentes comunitários de saúde que ficarão na atenção primária serão para compor as equipes e fortalecer a aproximação com a comunidade, entendendo a necessidade dos territórios e promovendo o vínculo desse território aos serviços”, informa.

Para além desse elo com o território, os agentes comunitários de saúde exercem outras atividades essenciais. “Os agentes possuem funções educativas e de apoio nas atividades coletivas e práticas integrativas. E hoje, com o novo modelo de financiamento da Atenção Primária à Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), são fundamentais para realizar o cadastro da população”, ressalta Damasceno.

Vigilância à saúde

De acordo com o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero, a contratação é estratégica para reforçar as equipes responsáveis pelas atividades extra-hospitalares e realizam, por exemplo, as visitas domiciliares.

“Os profissionais vão compor visitas domiciliares para controle de endemias, fazendo rastreamento de contato, monitoramento da rastreabilidade dos diversos tipos de cepa do coronavírus, coleta de dados sobre comportamentos epidemiológicos, entre outras atividades que precisam ser realizadas em campo e servem para subsidiar o conjunto de ações em saúde na Secretaria de Saúde, inclusive o planejamento estratégico para os próximos anos”, destaca Valero.

Os agentes, ainda de acordo com o subsecretário, serão de fundamental importância para as estratégias de saúde com visão de território, trazendo, a partir de sua atuação, dados importantes para a promoção e a prevenção à saúde.

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF
CN - Conexão Notícia  e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.

O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui!

Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsAppTelegram ou Facebook.


Confira os preços baixos de nossa loja, aqui!



Pinheiro entrega motocicletas a agentes comunitários de saúde; profissionais relatam mudança e valorização

   Os agentes comunitários de saúde vivenciam uma nova realidade com as motos.   —  Foto: Reprodução.

Iury Alencastro, agente comunitário de saúde há 6 anos na UBS do Distrito de Nossa Senhora da Guia, relata uma rotina de trabalho semelhante à de Luciana. A família acompanhada por ele que mora mais longe fica a 45 quilômetros da unidade básica de saúde e ele tinha que ir até lá com condução própria. “Com isso, não era possível estar visitando a comunidade inteira. A gente sempre deixava a desejar porque não tinha um veículo fornecido pela Prefeitura. Eu ia com minha moto ou... Veja a matéria e o vídeo completo, aqui!




CONACS tem reunião com o Ministro Queiroga e estabelece passo decisivo na garantia do Reajuste do Piso Nacional de R$ 2.200.

 Ministro  da Saúde Marcelo Antônio Cartaxo Queiroga Lopes.  —  Foto: Reprodução.

Os diretores da CONACS - Confederação Nacional dos Agentes de Saúde estão implacáveis em Brasília. A semana de 23 a 27/08 foi destaque nas ações da Confederação, mantendo o foco nas pautas prioritárias dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, além dos novos desafios que tem surgido.  

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.