Presidente do TCE-MT debate efetivação de agentes com deputado, prefeitos e vereadores - Conexão Notícia

Header Ads


Presidente do TCE-MT debate efetivação de agentes com deputado, prefeitos e vereadores

  A discussão será levada à Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).   —  Foto/Reprodução.

Presidente do TCE-MT debate efetivação de agentes com deputado, prefeitos e vereadores
Publicado no Conexão Notícia em 14.setembro.2021.  

Agentes de Saúde |  A efetivação de agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias foi tema de reunião entre o presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), conselheiro Guilherme Antonio Maluf, o deputado estadual Elizeu Nascimento e os prefeitos de Rosário Oeste, Alex Steves, e de Mirassol D’Oeste, Hector Alvares.

O encontro foi realizado na quinta-feira (9) e esclareceu dúvidas relacionadas a um processo que tramita na Corte de Contas acerca da regularização das categorias. A discussão será levada agora à Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), que deve propor uma resolução de consulta, a fim de orientar os 141 municípios mato-grossenses sobre o tema.

“É uma ação de suma importância. Os prefeitos querem caminhar na legalidade, ninguém quer estar irregular diante de um processo de contas”, pontuou o presidente do TCE-MT.


Na ocasião, Eliseu Nascimento chamou a atenção para o fato de que o desfecho atenderá a expectativa de cerca de 8 mil servidores no estado. “A efetivação desses profissionais, que contribuem para levar saúde básica, é fundamental, especialmente nesse momento de pandemia, porque eles estão bem próximos à população.”

Neste contexto, o prefeito de Mirassol D’Oeste, Hector Alvares, destacou a atuação dos servidores na coleta de informações e diagnóstico. “São eles que trazem as demandas para os postos de saúde e também para o hospital. Então queremos resolver essa celeuma que se arrasta por 10 anos”, disse.

O prefeito de Rosário Oeste, Alex Steves, por sua vez, falou sobre a atuação dos profissionais em um cenário onde há altos índices de casos de doenças como hanseníase e leishmaniose. “Por meio dos agentes chegamos ao pessoal da zona rural, por exemplo. Temos quadros endêmicos que precisam ser resolvidos e este é um passo para isso.”


Durante a reunião, da qual também participaram vereadores dos dois municípios, além de orientações aos gestores, também houve solicitação de envio de documento oficial para procedimento cabível e legal para enquadramento dos gastos municipais na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Andre Garcia Santana, TCE MT
Secretaria de Comunicação, TCE-MT
CN - Conexão Notícia  e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil

O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui!

Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsAppTelegram ou Facebook.


Confira os preços baixos de nossa loja, aqui!


Dirigentes sindicais se eternizam no poder. Representantes de quem?

   Apenas uns 30% das entidades sindicais são sérias, e as demais têm uma série de problemas, diz matéria.  —  Foto: Reprodução.

Dados do Ministério do Trabalho apontam que havia, em 2014, ao menos 8.518 sindicalistas, incluindo cargos de presidente e diretores em geral, com mais de dez anos de mandato — no Poder Executivo só podem ficar oito anos no cargo. O número pode ser maior, pois falta transparência e uma série de entidades não fornece seus dados. Anos após a Constituição ter avançado para garantir a liberdade sindical, fundamental para lutas e conquistas dos trabalhadores, lacunas como a falta de transparência, fiscalização frouxa e a pouca representatividade deixam um caminho aberto para os abusos... O próprio Supremo Tribunal Federal (STF) indica que as entidades não tem salvo-conduto e precisam ser fiscalizadas. 

Incentivo Financeiro destinado aos ACS/ACE poderá chegar à R$ 589 milhões

  Pagamento da parcela extra de final de ano deverá bater um recorde nesse ano, o que irá beneficia aos Agentes de Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias dos mais diversos recantos do país.   —  Foto/Reprodução.

Focar na garantia do pagamento da parcela extra do FNS - Fundo Nacional de Saúde é ampliar as possibilidades de garantia do pagamento desse recurso. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.