Melhorias para os agentes comunitários de saúde e de combate às endemias do Brasil - Conexão Notícia

Header Ads


Melhorias para os agentes comunitários de saúde e de combate às endemias do Brasil

  Articulações em Brasília visam garantir a aprovação da PEC 22 e da PEC 14. A união e articulação nacional da categoria poderá produzir os resultados esperados.   —  Foto/Reprodução.

Melhorias para os agentes comunitários de saúde e de combate às endemias do Brasil
Publicado no Conexão Notícia em 04.setembro.2021.  

Agentes de Saúde A Câmara dos Deputados analisa duas propostas de emenda à Constituição que beneficiam os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias, no caso, a PEC 22/11 e PEC 14/21). Vários deputado defendem a aprovação das propostas.

Os textos tratam da responsabilidade financeira da União na política remuneratória dos profissionais, no caso da PEC 22, e aposentadoria especial, no caso da PEC 14/21.


Segundo Samuel Camêlo, que é o coordenador nacional da rede de voluntários da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde, é possível garantir a aprovação das duas Propostas de Emenda à Constituição, contudo, a categoria de todo país precisa se envolver nas articulações para que o resultado seja positivo. Além disso, seja observado que existe manobras perversas com a finalidade de desqualificar os trabalhos realizados pelos diretores da CONACS - Confederação Nacional dos Agentes de Saúde. 


  A CONACS tem um legado de 23 anos de defesa dos interesses dos ACS/ACE de todo o país, mesmo com todas as limitações existentes.   —  Foto/Reprodução.

Ninguém é obrigado a ser admirador dos diretores da Confederação ou aprovar os métodos, contudo, estamos falando de uma entidade que possui 23 anos de serviços prestados à categoria, que não é um braço de partido político e nem visa usar a categoria como massa de manobras para tirar proveitos partidários. Recentemente tivemos a infeliz oportunidade de presenciar manobras astuciosas, visando desqualificar de forma absurda os trabalhos desenvolvidos pela CONACS. Durante quase 20 anos, que caminhamos lado a lado com a categoria, usando as mídias sociais e outros meios para fortalecer a luta nacional, nunca vimos a Confederação ser atacada de forma tão baixa como nesses últimos três meses. Infelizmente há pessoas que acreditam que para "mostrar serviço" precisa destruir o trabalho dos outros. Não conseguem ter luz própria, somente existem em função dos outros. Se fosse diferente, não usariam de astúcia para dentar desqualificar o trabalho da suposta concorrente. Infelizmente os ACS/ACE perdem muito com as posturas antisíndicas. 

Somente a união, organização e articulação é capaz de garantir que as pautas que tramitam em Brasília sejam aprovadas. Uma entidade forte não precisa focar na desqualificação do trabalho dos outros. Analisemos a postura dos diretores da CONACS, nós não os vemos usando as redes sociais para atacar o trabalho dos outros, nem mesmo das pessoas que tentam se promover, por meio das baixarias contra a Confederação. 

Que todos estejam atentos aos que tentam fazer da categoria de massa de manobra em proveito próprio ou para favorecer a algum partido político. 
Os partidos políticos não desejam outra coisa, além de produzir ilusões e explorar a categoria, exatamente como tem sido feito há várias décadas. O piso nacional congelado, depois desses 7 anos de criação deixa claro o quanto as correntes impostas pelos partidos são perversas, caso contrário, eles não teriam feito tamanha perversidade com todos os ACS/ACE do país, declaro Samuel.


Via de regra, todos os deputados federais e senadores são favoráveis a aprovação de um piso salarial no valor de dois salários-mínimos e a oferta de outros direitos para os ACS/ACE. Dedes de sempre, esse sempre tem sido o discurso deles, principalmente em ano pré-eleitoral. Sem sombra de dúvida alguma, cada um deles é fundamental para a aprovação das PEC's, que estão tramitando em Brasília. É por esse motivo que precisamos ficar atentos para evitar surpresas, assim como já ocorreu por diversos momentos, durante outras articulações em Brasília. Se envolver com no momento que busca garantir a aprovação das PEC's faz toda a diferença.


CN - Conexão Notícia  e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.

O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui!

Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsAppTelegram ou Facebook.




Confira os preços baixos de nossa loja, aqui!

LEIA TAMBÉM:


Incentivo Financeiro destinado aos ACS/ACE poderá chegar à R$ 589 milhões

  Pagamento da parcela extra de final de ano deverá bater um recorde nesse ano, o que irá beneficia aos Agentes de Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias dos mais diversos recantos do país.   —  Foto/Reprodução.

Focar na garantia do pagamento da parcela extra do FNS - Fundo Nacional de Saúde é ampliar as possibilidades de garantia do pagamento desse recurso. 

Pinheiro entrega motocicletas a agentes comunitários de saúde; profissionais relatam mudança e valorização

   Os agentes comunitários de saúde vivenciam uma nova realidade com as motos.   —  Foto: Reprodução.

Iury Alencastro, agente comunitário de saúde há 6 anos na UBS do Distrito de Nossa Senhora da Guia, relata uma rotina de trabalho semelhante à de Luciana. A família acompanhada por ele que mora mais longe fica a 45 quilômetros da unidade básica de saúde e ele tinha que ir até lá com condução própria. “Com isso, não era possível estar visitando a comunidade inteira. A gente sempre deixava a desejar porque não tinha um veículo fornecido pela Prefeitura. Eu ia com minha moto ou... Veja a matéria e o vídeo completo, aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.