Os ACS's e a responsabilidade de cumprir o isolamento social para evitar circulação do vírus e novas cepas - Conexão Notícia

Header Ads


Os ACS's e a responsabilidade de cumprir o isolamento social para evitar circulação do vírus e novas cepas

  Agentes comunitários de saúde (ACS) em ação com o apoio de membro da Equipe de Saúde da Família  —  Foto/Reprodução.

Os ACS's e a responsabilidade de cumprir o isolamento social para evitar circulação do vírus e novas cepas
Publicado no Conexão Notícia em 11.setembro.2021.  

Agentes de Saúde  Diadema/SP - Cumprir isolamento é importante para evitar circulação do vírus e novas cepas.

Após a suspeita ou diagnóstico da covid-19, manter o isolamento é fundamental para reduzir a circulação do novo coronavírus e resguardar a saúde das pessoas que estão ao redor do doente. Em qualquer quadro de síndrome gripal (SG), o recomendado é o isolamento imediato, que deve encerrar após 10 dias do início dos sintomas, desde que não haja febre – sem uso de medicamentos nas últimas 24 horas - e a pessoa esteja sem sintomas.

O tempo de isolamento também pode variar de acordo com a confirmação e gravidade da doença. Casos mais graves podem necessitar de isolamento por 20 dias ou mais. A suspensão desse período é de responsabilidade médica e da equipe de saúde que acompanha o paciente. Por isso, é importante seguir à risca as recomendações.

Na rede municipal, o monitoramento da pessoa com suspeita ou confirmação de covid-19 é feita por telefone ou em visita peridomiciliar (próxima à residência, porém sem adentrar ao domicílio) para verificar o estado de saúde ou avaliar as necessidades daquele paciente. Entretanto, alguns indivíduos não respeitam esse período de recolhimento.

Quando uma pessoa assintomática ou com sintomas leves fura o isolamento está disseminando o vírus por onde passa e colocando em risco as pessoas ao redor. 

Precaução

Mesmo após receber a segunda dose da vacina contra a covid-19, a pessoa ainda pode ser infectada e transmitir a covid-19. Por isso, medidas como distanciamento social, uso de máscara, higienização constante das mãos e evitar aglomerações precisam ser seguidas.

Com a diminuição da circulação do vírus, as chances de mutação do mesmo e criação de novas cepas ficam reduzidas. 


“Quanto mais o vírus circular, a probabilidade de sofrer mutação é maior e as vacinas disponíveis podem não proteger contra as novas cepas, como a variante delta. O recomendado então é evitar a circulação do vírus, por isso o isolamento do doente precisa ser respeitado”, explicou a coordenadora da Vigilância à Saúde, Franciele Finfa da Silva.

Vacina

Atualmente, o município vacina pessoas a partir de 12 anos, além da aplicação da dose de reforço para idosos a partir de 85 anos que receberam a segunda dose (D2) da Coronavac a mais de seis meses. Confira aqui os locais de vacinação ( http://www.diadema.sp.gov.br/secretaria-saude/26592-conheca-os-locais-de-vacinacao-para-covid-19 ).


Até 8 de setembro, foram aplicadas 470.712 vacinas contra a covid-19, sendo a primeira dose em 316.781 pessoas, a segunda dose em 143.697 pessoas e a dose única em 10.234 pessoas.

Fotos: Igor Andrade
Por Renata Nascimento
CN - Conexão Notícia  e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.

O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui!

Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsAppTelegram ou Facebook.




Confira os preços baixos de nossa loja, aqui!



A eterna guerra dos diretores da Associação Fnaras contra a CONACS e as consequência para os ACS/ACE do país.

  Lideranças da Associação Fnaras decide seguir os passos da CONACS e aderem à mobilização de Brasília.   —  Foto/Reprodução.

Não podemos deixar de fazer o destaque desta matéria. O objetivo é conscientizar a todos sobre os principais fatos, que permeiam uma série de acontecimentos e que, sem dúvida alguma, colocam as pautas da categoria em risco. 


Incentivo Financeiro destinado aos ACS/ACE poderá chegar à R$ 589 milhões

  Pagamento da parcela extra de final de ano deverá bater um recorde nesse ano, o que irá beneficia aos Agentes de Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias dos mais diversos recantos do país.   —  Foto/Reprodução.

Focar na garantia do pagamento da parcela extra do FNS - Fundo Nacional de Saúde é ampliar as possibilidades de garantia do pagamento desse recurso. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.