Header Ads


RN: SINDAS admite discutir parcelamento de parte do salário de dezembro dos Agentes comunitários e de endemias.

Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate à Endemias estão com salários de dezembro pendentes —  Foto/Reprodução.

RN: SINDAS admite discutir parcelamento de parte do salário de dezembro dos Agentes comunitários e de endemias
Publicado no Conexão Notícia em 06.jan.2021.  

Agentes de Saúde | SINDAS admite discutir parcelamento de parte do salário de dezembro, mas adianta que Gestão Tadeu terá que repassar R$ 1.400 para todos os agentes sem parcelamento.

O presidente do Sindicato dos Agentes de Saúde do RN, Cosmo Mariz, já avisou ao prefeito de Caicó, Dr. Tadeu, que a categoria não vai aceitar o parcelamento do salário total do mês de dezembro de todos os agentes comunitários de Saúde e Agentes de Endemias. O Município de Caicó conta com 141 agentes comunitários de Saúde e 45 agentes de combate a endemias.


Mesmo que se discuta parcelar o salário atrasado de dezembro dos agentes comunitários e de endemias, uma coisa não será admitida que é o não repasse de pelo menos 1 mil e 400 reais do salário-base do piso nacional imediatamente à categoria, tão logo os recursos federais estejam nas contas do Município. Esse dinheiro só pode ser usado para o cumprimento do piso nacional, explicou o presidente.

Cosmo ainda destacou ao Blog do Marcos Dantas que como Caicó tem um plano de carreira os agentes recebem um pouco a mais do que outros municípios, onde o Governo Federal garante 1.400 reais por agente e o Município complementa com recursos próprios. E é justamente essa complementação salarial referente ao mês de dezembro que a categoria admite que pode discutir com a Gestão Tadeu, “mas a rigor terá que ser antecipado os 1.400 tão logo o recurso caia na conta”, avisou Cosmo Mariz.

Marcos Dantas

Veja outras formas de doações, aqui!

Conteúdo relacionado:
Jornal Nacional: Agentes de saúde acompanham por telefone pacientes isolados com Covid

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.