VÍDEO - ACS/ACE confira o repasse dos R$ 1.550,00 ao seu município com esse passo a passo. - Conexão Notícia

Header Ads


VÍDEO - ACS/ACE confira o repasse dos R$ 1.550,00 ao seu município com esse passo a passo.

O Fundo Nacional de Saúde tem feito o repasse do novo valor do Piso Nacional de R$ 1.550,00. —  Foto/Reprodução.

VÍDEO - ACS/ACE confira o repasse dos R$ 1.550,00 ao seu município com esse passo a passo.
Publicado no Conexão Notícia em 15.setembro.2021.  

Agentes de Saúde | Em atendimento as diversas solicitações de informações, encaminhadas ao JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e rede de voluntários da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde, segue o passo a passo de como verificar o repasse do novo valor do Piso Nacional, no caso, os R$ 1.550,00 (mil quinhentos e cinquenta e cinco reais).

É importante analisar que a dinâmica dos mais diversos repasses segue os procedimentos semelhantes.

Os repasses podem ser verificados no Portal do FNS - Fundo Nacional de Saúde. Nenhum prefeito ou secretário de saúde tem desculpas para que não realize o pagamento do Piso corrigido, ainda dentro do prazo.


O pagamento do Piso e os desvios impostos pelos prefeitos
Não se justifica o não pagamento ou atraso dos pagamentos dos ACS/ACE. Se o pagamento da competência do mês em questão não for efetuado, dentro do prazo, a responsabilidade é da gestão. Nada impede que a gestão realize o pagamento dos servidores integralmente. 

Infelizmente, ainda temos no país 67% de todos os ACS/ACE que não sabem o que é o Piso Salarial Nacional. As prefeituras recebem e não repassam, inclusive, em várias capitais. 

Nenhuma outra categoria do seguimento saúde é tão massacrada como os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias.  

São mais de 222 mil ACS/ACE sem acesso a direitos fundamentais. 

Enquanto os maus gestores são beneficiados, tendo como seus aliados o egoísmo, os ACS/ACE ficam sem acesso ao Piso Nacional, insalubridade em grau justo, incentivo adicional, além das diversas gratificações repassadas pelo Fundo Nacional de Saúde, contudo, retido nos cofres das prefeituras. São desvios milionários, que só existem graças a negligência dos maus gestores, que é maior do que o volume de dinheiro desviado. 

Até quando ACS e ACE irão sofrer, quando poderiam ter vida com mais qualidade, além de ofertar tal coisa aos seu familiares? 


Se não há força humana capaz de ter empatia ao sofrimento dos que sofrem, sem acesso aos seus direitos, em muitos casos, ameaçados de demissão, vítimas de assédio moral por não ter sido cabo eleitoral de candidatos inescrupulosos, contudo, há um Deus que tudo pode e que socorrerá os que sofrem. Ele ouve o gemido dos que choram, vê as lágrimas que nascem com a injustiça. Ele se compadece e, no tempo determinado, irá mudar essa trágica realidade. 

Como fica a situação dos prefeitos que pagaram no valor antigo
Os prefeitos que ainda não pagaram o valor do Piso Salarial Nacional, hoje, sendo de R$ 1.550 (mil quinhentos e cinquenta reais),  deverão fazê-lo por meio de articulação da categoria, atuação da Câmara Municipal de Vereadores ou mesmo do MPF - Ministério Público Federal, já que os repasses do FNS são realizados com a devida regularidade e estão sendo desviados da finalidade. Os prefeitos que pagaram com o valor antigo, devem pagar a diferença, que deixou de pagar, correspondente ao mês de janeiro. Atenção! 

LEIA TAMBÉM:

Confira o passo a passo do repasse do valor do Piso Nacional atualizado:


O salário base correspondente a R$ 1.550,00, além disso, os reflexos sobre o adicional de insalubridade, quinquênios etc. Fiquem atentos para não levar golpe dos maus gestores.

CN - Conexão Notícia  e JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.

O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui!

Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsAppTelegram ou Facebook.



Confira os preços baixos de nossa loja, aqui!



Os agentes de saúde e a perpetuação dos dirigentes sindicais no poder. Quem paga essa conta? 

  Os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias são as maiores vítimas da perpetuação de lideranças sindicais no poder. São os agentes que pagam essa conta.   —  Foto/Reprodução.

Nessa matéria o agente comunitário de saúde Eliomar Neves* (Itapebi - BA) projeta a reflexão dos colegas da categoria, sobre uma matéria sobre a postura anti-sindical de algumas lideranças, que buscam se manter nos sindicatos por tempo indeterminado. Situação que faz do cargo uma carreira com garantias e privilégios exclusivos, inacessível aos demais membros da própria categoria. Analisemos o contexto da matéria!

DIRIGENTES SINDICAIS SE PERPETUAM NO PODER -  Com verdadeiras armadilhas regimentais  eles(as) manipulam as categorias e se perpetuam no poder e ainda dobram as contribuições sindicais. Veja a matéria e o vídeo completo, aqui!


Incentivo Financeiro destinado aos ACS/ACE poderá chegar à R$ 589 milhões

  Pagamento da parcela extra de final de ano deverá bater um recorde nesse ano, o que irá beneficia aos Agentes de Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias dos mais diversos recantos do país.   —  Foto/Reprodução.

Focar na garantia do pagamento da parcela extra do FNS - Fundo Nacional de Saúde é ampliar as possibilidades de garantia do pagamento desse recurso. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.