Header Ads


VÍDEO: Descriminação e preconceito praticados contra os Agentes Comunitários de Saúde recebe campanha de conscientização

Agentes Comunitários de Saúde são vítimas de discriminação e preconceito  —  Foto/Reprodução/JASB.

VÍDEO: Descriminação e preconceito praticados contra os Agentes Comunitários de Saúde recebe campanha de conscientização
Publicado no Conexão Notícia em 22.jan.2021.  

Agentes de Saúde | A Pandemia da Covid-19 trouxe muitas novidades desagradáveis para a sociedade brasileira e para o mundo, não apenas em relação aos danos à saúde. Entre as novidades está a descriminação praticada contra os profissionais de saúde, devido grande exposição ao novo vírus. Contudo, quanto a amplitude dos efeitos desse olhar discriminativo, os Agentes Comunitários de Saúde estão sendo os mais afetados. 

A situação tem sido tão crítica, que algumas gestões decidiram realizar uma campanha de conscientização sobre a importância do papel dos ACS's. No vídeo abaixo é possível assistir a uma campanha realizada pelo município de Porteirinha (MG).

Confira o vídeo da campanha:

 


Vacinação de profissionais de saúde está sendo realizada nos locais de trabalho  —  Foto/Reprodução/.

Agentes de Saúde (ACS/ACE) não estão sendo considerados profissionais de saúde por prefeitos e secretários no Brasil

Nesse momento tão importante para todos os brasileiros, considerando o surgimento de uma esperança de dias melhores, em face da Pandemia da Covid-19, com a chegada das primeiras doses da vacina contra o coronavírus nos municípios de todo país, mais uma vez os Agentes comunitários de saúde (ACS) e os Agentes de combate a endemias (ACE) estão sendo discriminados dos demais profissionais da saúde. Alguns maus prefeitos e seus secretários de saúde não estão considerando os agentes como profissionais da saúde, excluindo os mesmos do grupo prioritário, que deve ser imunizado nessa primeira etapa da vacinação nos municípios. Esse fato está sendo relatado nas mais diversas redes sociais, inclusive, integrantes da rede de voluntários da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde (ACS/ACE).

Lideranças e blogueiros consideram essa situação humilhante. Na verdade, não há respeito e, nem tão pouco, consideração. Esta é a realidade. Quando vereadores, deputados e senadores elogiam a categoria de ACS/ACE, falando em valorização, na verdade, tal coisa só existe no discurso. 

Quantos políticos fazem o mesmo discurso e, quando chegam onde desejam, esquecem da categoria, nem mesmo as citam, quando citam aos demais profissionais. Notamos isso no início da Pandemia e no decorrer dela, na apresentação dos boletins diários. Técnicos de enfermagem, técnicos em saúde bucal, enfermeiros, dentistas e demais técnicos, além dos médicos, eram citados todos os dias, mas os ACS/ACE ficaram no esquecimento. 



Veja abaixo uma matéria publicada no Matéria do Diário do Nordeste, que destaca os ACS/ACE na lista de prioridades, não fazendo distinção dos demais profissionais de saúde. Diferente do que acorre nos estados e municípios.

Matéria do Diário do Nordeste:

Embora a meta para a primeira fase da campanha de vacinação contra a Covid-19 inclua a imunização de todos os profissionais da saúde, em um primeiro momento, só uma parcela deste grupo receberá as aplicações. A prioridade vai para os trabalhadores que atuam na linha de frente no combate à pandemia, uma vez que a quantidade de doses recém-chegadas não é suficiente para abranger a todos.

Prossegue a matéria

Esse grupo inclui aqueles que trabalham em: 

Enfermarias e Unidades de Terapia Intensiva (UTI) de Covid-19;

Transporte pré-hospitalar (Samu);

Unidades de Pronto Atendimento (UPAs);

Emergências de hospitais porta aberta;

Laboratórios de biologia molecular;

Centros de coleta, testagem e atendimento para Covid-19.

Além dos profissionais designados de acordo com a unidade em que atuam, também deverão receber as primeiras doses: 

Vacinadores;

Agentes comunitários de saúde (ACS);

Agentes de combate às endemias (ACE);

Enfermeiros, técnicos de enfermagem, técnicos em saúde bucal, médicos e dentistas da Estratégia de Saúde da Família (ESF).

 

Conteúdo relacionado:
Jornal Nacional: Agentes de saúde acompanham por telefone pacientes isolados com Covid

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.