Header Ads

Alagoas: Agentes comunitários e de combate às endemias protocolam solicitação para reajuste salarial para o Piso de R$ 1.550,00

Foi registrado o pedido de 40 filiações sindicais, entre novas e antigas, que haviam sido canceladas sem autorização pela gestão municipal anterior. —  Foto/Reprodução.

Alagoas: Agentes comunitários e de combate às endemias protocolam solicitação para reajuste salarial para o Piso de R$ 1.550,00
Publicado no Conexão Notícia em 03.fev.2021.  

Agentes de Saúde  Na manhã de segunda-feira (01/02), o diretor regional do SINDACS-AL, Manoel Sarmento, esteve no município de Messias para protocolar ofícios, entre eles solicitando o pagamento do salário base dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias, reajustado para R$ 1.550,00 (mil quinhentos e cinquenta reais), em nome das referidas categorias.

De acordo com a Lei Federal Nº 13.708, de 14 de agosto de 2018, o piso salarial profissional nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias é fixado no valor de R$ 1.550,00. A atualização foi determinada em três etapas, onde o salário de R$ 1.250,00 foi aplicado em 1° de janeiro de 2019, R$ 1.400,00 em 1º de janeiro de 2020 e, por fim, R$ 1.550,00 em 1º de janeiro de 2021.

Manoel Sarmento deu entrada, ainda, no pedido de filiação sindical para 40 agentes, entre novos e antigos. Segundo ele, a gestão municipal anterior havia desvinculado do SINDACS-AL, sem qualquer permissão, todos os trabalhadores. 

Registrar a filiação de quase 100% dos agentes é uma demonstração de respeito e confiança pelo nosso trabalho em todos os municípios alagoanos, comentou.

O SINDACS-AL afirma que mantém o compromisso sólido de defender os interesses dos trabalhadores e das trabalhadoras em todo o estado. 

Parabéns a todos os filiados de Messias! Sejam bem-vindos à família Família SINDACS-AL. Juntos somos fortes e unidos venceremos sempre, concluiu Manoel Sarmento.

Sem representação na CONACS
A Confederação não conta com a representação de SP e ES (Região Sudeste); AC, AP, AM, RO, TO, RR (Região Norte); PR, RS, SC ((Todos da Região Sul); MS e DF (Centro-Oeste).
Portanto, a atual direção da CONACS fica sem representar 13 cidades do país, inclusive, nenhuma cidade da Região Sul.  Apenas uma cidade da Região Norte e somente duas do Sudeste. 

Diretores da Confederação em atividade.  —  Foto/Reprodução.

Atrasos na realização do Curso Técnico
A justificativa para o atraso, remete ao que está sendo chamado de "entraves burocráticos." Uma consequência relacionada a fase de capacitação de mentores da formação técnica. A realidade é que ainda não existe data confirmada para início das inscrições.

O Piso Nacional
No evento, foi abordado a situação que envolve o congelamento do Piso Nacional e a falta de previsão de correção.

Detalhe sobre a correção do Piso Nacional, realizada em 3 parcelas
Em 2018, ACS/ACE lutaram para defender o que era chamado de "derrubada do congelamento do Piso Nacional." Infelizmente o congelamento não foi derrubado, contudo, a Lei  Federal nº 13.708 cedeu uma correção no valor do Piso, correspondente ao período de 2014 a 2018, pago em 3 (três) parcelas, a saber: R$ 1.250,00 (2019); R$ 1.400,00 (2020) e agora R$ 1.550,00 (2021). Até hoje o Piso Nacional segue congelado.  

O deputado Hildo Rocha tem recebido destaque nacional entre os agentes de saúde, após a apresentação do projeto que prevê um Piso salarial de R$ 2.200,00 para os ACS/ACE em 2022. Saiba mais detalhes, aqui.

JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil com informações do SINDACS-AL.

Veja outras formas de doações, aqui!

Conteúdo relacionado:
Jornal Nacional: Agentes de saúde acompanham por telefone pacientes isolados com Covid

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.